Águas de Lindóia /São Paulo

Águas de Lindóia foi fundada no ano de 1910 por um médico italiano chamado Francisco Tozzi.

Águas de Lindóia /São Paulotransferir

História

Águas de Lindóia foi fundada no ano de 1910 por um médico italiano chamado Francisco Tozzi. Nascido na cidade de Benevento, uma província de Nápoles, o Doutor Tozzi, veio para o Brasil a convite de um amigo, o padre Carmine D’Angelo, também italiano, para morar e prestar assistência médica na cidade em que habitava, chamada Socorro. O médico chegou a cidade do interior de São Paulo no ano de 1900, e logo soube da história de um padre na cidade vizinha, chamada Lyndóia, que foi curado de um eczema na pele apenas utilizando as águas termais de um morro , ao qual chamavam “águas quentes”. As águas jorravam a 28 graus e logo o médico se interessou por essa fonte de cura, tendo mandado analisá-las para confirmar suas propriedades curativas. Após obter a resposta que desejava, o médico adquiriu as terras e começou a construção das thermas de Lindoya. Tratava-se de apenas três casas grandes que receberam os nomes de Hotel Senado, Hotel catete e Hotel Câmara. Ainda em processo de construção das thermas, surgiram dificuldades no transporte dos operários, o Dr. Tozzi precisou providenciar um lugar adequado para a permanência dos operários na cidade, foi então que surgiram as primeiras ruas, casas, e comércios. Quatro anos depois, o médico se mudou com sua família para a cidade que mais tarde ficaria conhecida como Águas de Lindóia. Uma lenda popular conta que os primeiros a se beneficiar das águas foram tropeiros ( condutores de animais) do século XIX, que notavam que suas feridas e de seus animais saravam muito rapidamente quando se banhavam com aquela água e espalharam a notícia. As águas de poder curativo daquela região ficaram conhecidas em todo o Brasil, as quais foram exportadas por um produtor de vinho da região de serra negra. O fato de nem todas as pessoas poderem ir até as thermas de lindoya possibilitou o começo do engarrafamento da água. Apesar de todo sucesso, os hotéis tinham um custo de manutenção alto, visto que acolhiam pessoas das mais diversas situações sócio-económicas. Como solução, o médico construiu um hotel de luxo destinado a pessoas com maior poder aquisitivo, o que cobriria os gastos feitos com as pessoas menos favorecidas. Surgiu assim o Hotel Gloria, hotel de luxo que mudou a rotina da cidade, uma vez que começaram a haver bailes e frequentes presenças de pessoas importantes, tal como o então presidente da província de São Paulo, Washington Luiz, que mais tarde se tornaria presidente do Brasil. Outra visita também de grande importância para o lugar foi a visita da Madame Curie, pesquisadora francesa, vencedora do prémio Nobel de química, visitou o Brasil no ano de 1928, sendo um dos seus interesses as thermas, pois podia estudar a questão da radioatividade natural da água, sendo ela investigadora do tema. Na altura, foi descoberto que as águas atingiam 3.179 maches na escala radioativa, o que comprovou seus benefícios, pois quanto maior a radioatividade natural da água, melhor para o organismo. Outro fato relevante para a história da cidade aconteceu três meses e meio antes de os primeiros astronautas embarcarem para a lua. A pedido da NASA, foram enviadas 100 dúzias das águas de Lindóia. A justificativa para a escolha, seria os benefícios que a água trazia por ser de rápida absorção pelo organismo e ter baixa acidez. A NASA nunca confirmou se as águas que abasteceram a aeronave foram as de Lindóia, mas a cidade até hoje ostenta a nota fiscal emitida a 2 de Abril de 1969. Após o falecimento do Dr. Tozzi, seu genro, o Dr. Vicente Rizzo deu continuidade ao seu trabalho conseguindo junto ao governo do estado a lei de criação da estância hidromineral de Lindóia, iniciando assim em 1954 a construção do Balneário Municipal.

Demografia

Águas de lindóia está situada a 180 km da capital paulistana e a 8 km da divisa com Minas Gerais. Com uma população estimada de 18.412 habitantes, a cidade serrana percorre uma área de 60.126km2, sendo sua densidade demográfica de 287,16 km2 por habitante. Sua altitude é de 945 mts, com uma latitude ao sul de 22º 31′ 04” e longitude de 46º 38′ 35”. As pessoas que nasceram em Águas de lindóia chamam-se lindoienses. O clima da cidade é tropical temperado, o que possibilita que a temperatura no local seja amena e agradável. Além disso, Águas de Lindóia está cercada pela Serra da Mantiqueira, onde encontra-se uma vegetação exuberante.

Toponímia

Lindóia é a corruptela ( forma errada de escrever uma palavra) do Tupi Rindoya e significa água insípida e quente ao paladar.

Economia

A economia da cidade gira em torno do Turismo rural e de aventura, do engarrafamento de água e dos artesanato variados.

Locais de interesse

Projetado pelo arquiteto modernista Arthur Bralke na década de 50, o balneário municipal é hoje o clube da cidade e frequentado por muitas famílias e turistas. Conta com uma infraestrutura onde funcionam piscinas e toboaguas, spa. Além de proporcionar aos visitantes banhos aromáticos de chocolate, rosa e vinho, banhos de imersão, hidromassagem, banho de stanger ( em banheiras com placas de carvão e corrente elétrica) e ducha escocesa. Com um turismo rural forte, a cidade oferece ainda a visita ao morro pelado, um local muito interessante, no qual tem se uma mirante natural, onde se ver as cidades de Águas de Lindóia e Monte Sião. No caminho para o morro , é possível admirar uma ampla área verde, além de realizar atividades como pesca desportiva nos lagos, passeio a cavalo, quadriciclo, alem de praticar arvorismo e tirolesa.

Hino de Águas de Lindóia

Tardes de Lindóia (Hino da cidade)

Letra por Pinto Martins / Melodia por Zequinha de Abreu

Tardes silenciosas de Lindóia
Quando o sol morre tristonho
Tardes em que toda a natureza
Veste-se de véu, e de sonho
Baixo os arvoredos murmurantes
Da tênue brisa a soprar
Anjinho dos sonhos meus
Não sabes tu como é sublime contigo sonhar
Longe lá no horizonte calmo
As nuvens se incendeiam
Num incêndio de luz
Vibra e se exalta minh’alma
Na sensação que a seduz
Um plangente sino toca
Chamando à prece a todos
Os que ainda sabem crer
Então eu sonho e creio
Beijar tua linda boca
Para acalmar o meu sofrer.

46 Visualizações 1 Total
46 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo