Baião, Portugal

Baião é um município português localizado no distrito do Porto, na região norte e sub-região do Tâmega e Sousa. É um município com 20 522 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 14 freguesias em 174,53 km². O município faz fronteira a norte com Amarante, a leste com Mesão Frio e Peso da Régua, a sul com Resende e Cinfães e a oeste com Marco de Canaveses.

As 14 freguesias do concelho de Baião são: Ancede e Ribadouro, Baião e Mesquinhata, Campelo e Ovil, Frende, Gestaçô, Gove, Grilo, Loivos da Ribeira e Tresouras, Loivos do Monte, Santa Cruz do Douro e São Tomé de Covelas, Santa Marinha do Zêzere, Teixeira e Teixeiró, Valadares e Viariz.

História

A formação da Terra de Baião dá-se na passagem da Alta para a Baixa Idade Média, altura em que a região era dominada pelo Castelo de Matos, antigo Castelo de Penalva, de fundação Sueva.

A Terra de Baião é a origem da família nobre dos Baiões, descendentes de D. Arnaldo, um guerreiro que combateu os mouros na Península Ibérica em 985. As Terras de Baião foram-lhe concedidas como prémio pela sua bravura pelo rei de Castela. D. João I concedeu as Terras de Baião a um parente do Condestável, D. Nuno Álvares Pereira. Baião recebeu foral de D. Manuel I a 1 de setembro de 1513.

Estudos recentes na Serra da Aboboreira permitem perceber a existência de uma necrópole megalítica com cerca de 40 mamoas identificadas.

Património edificado e natural

A paisagem de Baião é o reflexo da sua história e da forma como a Humanidade foi ocupando e transformando o território ao longo dos anos, sendo o resultado uma paisagem com um forte legado patrimonial. Desta forma, a ocupação mais antiga do território está concentrada nos planaltos das serras da Aboboreira e do Castelo, destacando-se a Anta da Aboboreira. Em relação ao património edificado é ainda importante mencionar o conjunto constituído pelo Mosteiro de Santo André de Ancede, Capela de Nossa Senhora do Bom Despacho e terreiro fronteiro, assim como o Tesouro de Baião, atualmente depositado no Museu Nacional de Arqueologia de Lisboa (composto por um colar articulado com 52,5 centímetros, datado da Idade do Ferro, dois pares de arrecadas da Idade do Ferro Antigo, uma gargantilha e doze botões em ouro).

Baião é um dos concelhos mais verdes da região, marcado pelas encostas que ligam o pico do Marão ao rio Douro, com vales cavados onde serpenteiam as linhas de água do Ovil, de Valadares, do Zêzere e do Teixeira. Por isso, neste concelho pode encontrar paisagens deslumbrantes.

Gastronomia

Na gastronomia, Baião é famoso pela qualidade das suas carnes, destacando-se o fumeiro e o anho assado, assim como os vinhos. De forma a promover este património gastronómico a Câmara Municipal de Baião promove duas iniciativas gastronómicas que atraem cada vez mais visitantes: a Feira do Fumeiro e do Cozido à Portuguesa (realiza-se em março ou início de abril) e o Festival do Anho Assado e do Arroz do Forno (em final de julho).

No que toca à doçaria tradicional é de mencionar o Biscoito da Teixeira, um doce de cor escura que é confecionado para que assuma um formato retangular, em forno a lenha. Tem um sabor intenso e característico a limão.

Geminações

Com o objetivo de aproximar os povos e criar laços históricos e culturais de amizade, o município celebrou um Protocolo de Geminação com Moraña, na Galiza, em Espanha, a 21 de abril de 2000.

Brasão da cidade

BAO1

O escudo é azul com dois ramos de oliveira de ouro frutado de mesmo, cruzados em ponta e atados de vermelho. Em chefe está um cacho de uvas de púrpura acompanhado por duas espigas de milho, tudo de ouro, folhado e sustido do mesmo. Em contra-chefe encontramos duas faixas ondadas de prata. Bordadura de ouro carregada de oito torres de azul, abertas e iluminadas de ouro. A coroa mural de prata de quatro torres e o listel é branco com as palavras CONCELHO DE BAIÃO de negro.

38 Visualizações 2 Total
38 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo