Amarante (Porto)

Amarante é um município português localizado no distrito do Porto, na região Norte e sub-região do Tâmega. Amarante é sede de um município com 301,33 km² de área e 11 261 habitantes, de acordo com os censos de 2011, estando dividido em 26 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Celorico de Basto, a nordeste por Mondim de Basto, a leste por Vila Real e por Santa Marta de Penaguião, a sul por Baião, Marco de Canaveses e Penafiel, a oeste por Lousada e a noroeste por Felgueiras.

História

A origem de Amarante remonta aos povos primitivos que habitaram a Serra da Aboboreira, que terá sido habitada desde a Idade da Pedra. Há também registos de povoamento na Idade do Bronze e mais tardiamente da civilização Romana, mais dispersa pelo território. Após a fixação de São Gonçalo (1187-1259), nascido em Tagilde, Guimarães, Amarante começou a adquirir importância e visibilidade. É a São Gonçalo que se atribui a construção da velha ponte sobre o Tâmega. Amarante começou a tornar-se alvo de peregrinações e a povoação foi crescendo.

No século XVI, D. João III ordena a construção do Mosteiro de São Gonçalo sobre a capela junto à ponte onde, diz a tradição, que S. Gonçalo terá vivido e foi sepultado. Em 1763 as cheias do rio Tâmega provocam a derrocada da velha Ponte de São Gonçalo e a reconstrução aconteceu nos anos seguintes, com o aspeto que atualmente apresenta.

No início do século XIX, Napoleão Bonaparte tenta invadir Portugal e em Amarante passaram as invasões francesas, destacando-se o episódio da Defesa da Ponte de Amarante. Após este acontecimento o General Silveira recebeu o título de Conde de Amarante e a vila foi agraciada com o colar da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, refletido no brasão municipal.

Amarante adquiriu o estatuto de cidade a 8 de julho de 1985, sendo esta a data do seu feriado municipal.

Património natural e edificado

Amarante tem o seu património natural e a paisagem associado ao rio Tâmega e às serras do Marão e da Aboboreira. Deste modo, é um local para a prática de atividades ligadas ao desporto de natureza, como canoagem, parapente, montanhismo, pesca, natação, entre outras. No contexto do património natural é ainda importante referir o Parque Florestal de Amarante e a Ecopista da Linha do Tâmega.

Em relação ao património edificado, a ponte de S. Gonçalo é o grande ex-libris da cidade. Contudo, vale a pena visitar também o rico património religioso existente onde se inclui a Igreja e o Convento de São Gonçalo, a Igreja de São Domingos e o Museu de Arte Sacra, a Igreja de São Pedro, o Mosteiro de Travanca e o Mosteiro de Freixo de Baixo.

No concelho de Amarante, o Parque Aquático é também um dos locais mais procurados, principalmente no verão.

Gastronomia

A cozinha de Amarante baseia-se em pratos que incluem cabrito e vitela. O cabrito serrano, a vitela arouquesa e maronesa, as feijoadas, as tripas, o cozido à portuguesa, o bacalhau à Zé da Calçada e o bacalhau à Custódia são alguns dos pratos mais comuns.

A doçaria conventual é, contudo, um dos elementos mais fortes. Neste campo é possível provar papos de anjo, lérias, bolos de S. Gonçalo, foguetes e brisas do Tâmega.

Em anos recentes Amarante tem assistido a uma crescente procura para a instalação de empresas micológicas no seu território, principalmente Shiitake e Pleurotus. Atualmente há cerca de 80 produtores de cogumelos em Amarante.

Brasão da cidade

54a62dc5a4ce2d5cd7f957139582ca73

O brasão de Amarante é de vermelho, leão rampante de prata, que empunha na dextra um feixe de três setas de prata, atados por uma fita de ouro perfilada a negro, sustido por uma ponte de prata com três arcos, ameada, perfilada e lavrada de negro, movente dos flancos e sainte de um ondado de prata e azul em ponta. O escudo é circundado pelo colar da Ordem da Torre e Espada. A coroa mural é constituída por cinco torres de prata. O listel é branco composto pela palavra AMARANTE a negro.

27 Visualizações 1 Total
27 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo