Parque Estadual do Pico do Itambé

O Parque Estadual do Pico do Itambé, em seus 4.696 hectares, abrange várias nascentes e cabeceiras de rios formadores das bacias do Jequitinhonha e Doce. O Pico do Itambé, com seus 2.002 metros, é um dos marcos referenciais do Estado. De lá podem ser avistados os municípios que compõem a área de abrangência do Parque: Santo Antônio do Itambé, Serro e Serra Azul de Minas.

Campos rupestres de altitude e cerrado compõem a cobertura vegetal nativa. Nos fundos de vales ocorrem manchas de solos de aluvião, de maior fertilidade, sobre os quais se desenvolve exuberante mata pluvial altimontana, onde podem ser encontradas espécies como o pau-d’óleo, a sucupira, o ipê, o cedro, o jatobá, o ingá e a candeia, entre outras. Nos campos de altitude ocorrem espécies raras e endémicas de orquídeas.

Uma fauna bastante rica possui espécies que integram a lista oficial de animais ameaçados de extinção, como a onça-parda e o lobo-guará.

442 Visualizações 2 Total
442 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.