Eros

Quem é Eros: Na mitologia grega Eros, também conhecido como o Cupido, é o Deus da paixão e do amor emocional.

Quem é Eros

Na mitologia grega Eros, também conhecido como o Cupido, é o Deus da paixão e do amor emocional. Figura complexa, são várias as versões sobre a sua origem.

Hesíodo, poeta latino, na sua obra Teogonia, descreve-o como sendo um Deus primordial nascido do caos, que apresenta grande importância para toda a natureza e toda a vida no universo por ser um Deus multiplicador e unificador de todos os seres e elementos.

Popularmente, Eros é considerado o filho de Afrodite, Deusa do amor carnal, e Hermes, mensageiro dos Deuses (em algumas versões, filho de Ares, Deus da Guerra). Constante auxiliar de sua mãe, realizava todos os desejos, caprichos e vinganças de Afrodite, sem qualquer vontade própria.

Eros costuma ser caracterizado como um ser de aspeto infantil e irresponsável. Sempre munido de arco e flecha, lançava as suas setas, indiscriminadamente, a qualquer ser-humano, fazendo com que estes se apaixonassem.

Numa versão, de autoria indefinida, Afrodite, alarmada com a sua falta de maturidade, pediu conselho a Têmis, Deus da Lei, que afirmou que o seu filho não amadurecia por não ter nenhuma relação fraterna, nem conhecimento de troca e partilha. Seguindo os conselhos de Têmis, Afrodite tem um segundo filho, Anteros, fazendo com que Eros reconheça a partilha e bondade, e desse modo, amadureça, perdendo o seu aspeto infantil.

A sua história está também intrinsecamente ligada ao seu grande amor com Psique e foi por esse motivo que Eros ficou conhecido como o responsável pela união dos corações humanos.

379 Visualizações 1 Total

References:

Braz, Ana Lúcia Nogueira; Origem e significado do amor na mitologia greco-romana in http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2005000100008

379 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter