Basilisco

Basilisco é uma serpente mitológica que aparece em diversos folclores ao redor do mundo.

Basilisco é uma serpente mítica e mitológica pertencente a diversos folclores e culturas. Ele é citado por diversos autores greco-latinos. Plínio, o Velho, um naturalista romano, descreve-o como uma serpente que possui uma coroa dourada na cabeça ou uma pluma vermelha ou negra. É considerado a rainha das cobras.

Seu mito sofre vários acréscimos ao longo dos séculos. Por volta do século V d.C, o basilisco é descrito como uma criatura com cabeça de galo ou mesmo de homem. Variações apontam a serpente como um animal semelhante a um dragão com cabeça de galo e com um olhar mortal. Outras versões mostram o basilisco como um lagarto gigantesco.

A forma mais aceita em relação à descrição do basilisco é mesmo como uma grande serpente com uma coroa na cabeça. Essa cobra é capaz de matar qualquer ser vivo com um simples olhar, além de o veneno de suas presas ser mortal. Narrativas apontam que ele também pode transformar seres em pedra. Um dos jeitos de matar esse grande monstro seria fazer com que ele se olhasse em um espelho

Determinadas variantes do mito do basilisco o colocam como inimigos diretos dos grifos e até mesmo dos galos. Ele é parente próximo de outra criatura mítica, a cocatrice. Algumas histórias relatam que um basilisco nasce de um ovo da galinha chocado por um rã.

basilisco

Basilisco e suas aparições na história e na literatura

O basilisco aparece pela primeira vez nos textos de Plínio, o Velho. Na visão de Plínio, essa cobra não passaria dos trinta centímetros de comprimento e seria oriunda do norte da África. O naturalista descreve que a serpente pode cuspir fogo e que seu hálito é destruidor. Desfaz rochas, mata plantas e mata tudo que está a seu redor.

Na Idade Média, o basilisco mantém-se inicialmente muito semelhante ao descrito por Plínio. A lenda do mago Herpo, contudo, inspirou mudanças no mito da serpente. A cobra ganha pernas, bico, penas e incorpora características de galinhas, sapos e dragões. Nesse período ela incorpora também a heráldica e sua lenda se mistura e de outras feras mitológicas.

Da Idade Moderna em diante o basilisco se torna parte do bestiário tradicional referente a animais lendários. Ele surge várias vezes em obras de literatura fantástica e de fantasia, como na série literária Harry Potter, de J.K. Rowling.

Essa serpente lendária possui um forte simbolismo. Ela é uma figura alegórica da morte, do ódio, do diabo e do Anticristo. Em algumas representações artísticas cristãs, Jesus Cristo é mostrado pisando o basilisco. Dentro de edificações cristãs, a serpente aparece em santuários, fontes batismais e vestíbulos. Para a alquimia, o basilisco é a própria Pedra Filosofal.

208 Visualizações 3 Total

References:

https://www.britannica.com/topic/cockatrice

208 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo