Comboio Real

Comboio Real – Comboio composto por carruagens e puxado por locomotiva a vapor, utilizado para o transporte da família real portuguesa, sendo que nem sempre circulava composto pelos mesmos salões, não assumindo, desta feita, sempre a mesma composição.

A 28 de outubro de 1856, a família real portuguesa estaria presente na inauguração da linha de caminho de ferro do Leste, onde o Comboio Real foi rebocado pela Locomotiva Portugal, momento que ficaria registado numa aguarela de António Joaquim de Santa Bárbara (1838-1864).

Uma destas composições integra, atualmente, a exposição permanente do Museu Nacional Ferroviário sediado no Entroncamento, sendo constituída pela Locomotiva D. Luiz, vagão para transporte de carvão e água (designado de tender), Salão D. Maria Pia e Salão do Príncipe.

O Comboio

Locomotiva D. Luiz – A Locomotiva D. Luiz (numerada CFS 1), de fabrico inglês, pela Beyer, Peacock & Cº, em Gorton, Manchester, datada de 1862, como o nome indica foi adquirida pela Companhia Inglesa, no reinado de D. Luís, que se encontrava, então, a explorar os Caminhos de Ferro do Sul.

Rebocou o Comboio Real Português a partir desse ano, tendo continuado depois da implementação da República Portuguesa, a 5 de outubro de 1910, realizando a tração de composições suburbanas das Linhas do Sul e Sueste, funcionando até 1923, altura em que seria retirada de serviço.

De via larga, podia atingir os 80km/h. Constituída por dois cilindros, três eixos (sendo um deles motor), um pavilhão descoberto e ainda, tender.

Tender da Locomotiva a Vapor D. Luiz – O tender, datado de 1862, de origem inglesa, produzido pela Beyer Peacock & Co. era utilizado para o transporte quer de carvão, quer de água, encontra-se separado da locomotiva.

Salão D. Maria Pia – O Salão D. Maria Pia, construído em Bruxelas na Compagnie Générale de Matériel de Chemins de Fer, data de 1858. Foi oferecido pelo rei Victor Emanuel de Itália (1820-1878), à sua filha, D. Maria Pia de Sabóia (1847-1911), como prenda de casamento com o rei D. Luís I (1838-1889).

O salão é detentor de três compartimentos, nomeadamente uma antecâmara, uma sala de estar e os aposentes da rainha, constituídos por um quarto e uma sala contendo sanitários de porcelana inglesa.

Destaque para as decorações em veludo vermelho e dourado, com brocados em seda que se encontram embutidos na própria madeira; ainda para o mobiliário riquíssimo (chaise loungues, poltronas, mobiliário encastrado, mesa e bancos), concebido expressamente para este propósito; e para a iluminação a azeite em todos os compartimentos.

Trata-se de um salão de cor verde, com vários frisos em dourado, onde cada compartimento ostenta dois brasões de armas.

Salão do Príncipe – O Salão do Príncipe, produzido em 1877, na Ibbotson Brothers & Co. Ltd, em Inglaterra, foi oferta de D. Maria Pia, ao príncipe D. Carlos, o seu filho, como prenda do seu 15º aniversário.

Sumptuosamente forrado a madeira é detentor de um varandim, dois compartimentos e sala de banho, sendo dotado de sistema de ventilação natural. Destaque para o couro e madeira que ornamentam o seu interior.

O restauro

A composição seria exposta pela primeira vez em 1978, no Núcleo Museológico de Santarém (parte integrante do Museu Nacional Ferroviário), permanecendo até 2010, ano em que fez parte da exposição Royal Class. Regal Journeys, Viagens Reais Europeias (realizada de 14 de abril a 5 de setembro de 2010), na Holanda, mais concretamente em Utrecht, motivo pelo qual foi alvo de um profundo restauro, num projeto financiado na íntegra pelo Spoorwegmuseum.

A 21 de janeiro de 2010, o Comboio Real Português viajou de Santarém até ao Entroncamento, sendo que a 26 do mesmo mês se iniciam os trabalhos de conservação e restauro dos três veículos, nomeadamente nas Oficinas da EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário S.A., no Entroncamento. O serviço  seria concluído a 16 de março de 2010.

Atualmente, para além do Comboio Real poder ser visto no Museu Nacional Ferroviário, o visitante tem, ainda, a oportunidade de apreciar a Sala de Espera da Família Real.

 

324 Visualizações 2 Total

References:

http://www.fmnf.pt/colecao/ficha.aspx?t=o&id=3#ad-image-0

http://www.fmnf.pt/colecao/ficha.aspx?t=o&id=523#ad-image-0

http://www.fmnf.pt/colecao/ficha.aspx?t=o&id=5

http://www.fmnf.pt/colecao/ficha.aspx?t=o&id=6#ad-image-0

http://restosdecoleccao.blogspot.pt/2014/03/comboio-real-portugues.html

http://www.fmnf.pt/museu_casos_praticos

 

324 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo