Gaúcho

Gaúcho é o nome que se dá a quem nasce no Rio Grande do Sul ou vive lá por um grande período de tempo. O termo também se refere a uma cultura tradicional.

O termo gaúcho refere-se, atualmente, à denominação das as pessoas que são provenientes do sul do Brasil. Antigamente era a forma como se chamavam as pessoas ligadas às atividades pecuárias na Argentina, no Brasil e no Uruguai.

Isso porque as pessoas que atuavam na pecuária eram de uma região conhecida como pampa, pelo seu bioma. Esta região era e segue sendo ideal para o pastoril, já que é composta por extensas pastagens e cultivo de gado. É também uma zona muito conhecida pelas melhores carnes do mundo.

gaúcho

Origem do gaúcho

Geneticistas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) descobriram, em 2007, que o perfil genético do atual gaúcho é composto de uma grande miscigenação que provém desde os tempos coloniais. Ao examinar mais 150 descendentes dos pampas, eles concluíram que o gaúcho é formado por principalmente europeus, índios e negros.

Os europeus são os que aparecem com mais consistência no DNA gaúcho paterno, cerca de 90%. Ao contrário do que se pensa, os gaúchos não descendem dos portugueses. A pesquisa evidenciou que o traço genético europeu dos gaúchos é, na maioria das vezes, espanhol.

Sabe-se que o Brasil foi colónia portuguesa durante muito tempo. Entretanto, durante dois séculos e meio, o Estado do Rio Grande do Sul pertenceu à Coroa espanhola. Isso ocorreu por conta do Tratado de Tordesilhas, em 1494, que dividiu parte da América do Sul entre Espanha e Portugal. O Estado só seria integrado ao Brasil em 1750, com o Tratado de Madrid.

No estudo, os investigadores constataram que o gaúcho só respeitava as fronteiras entre os pampas e não entre os países. Por causa disso também que se deu tanta miscigenação. Por parte de mãe, a pesquisa mostra que 33% do material genético é de constituição indígena. Mais da metade dos gaúchos de hoje tem uma ancestral indígena, 37% são descendentes de europeus e apenas 11% de africanos.

Origem do termo

O termo é menos antigo que os próprios gaúchos. Só começou a aparecer em documentos oficiais despois de 1700 e apenas na região entre Brasil e Uruguai. No entanto, não se sabe bem de onde veio o nome gaúcho. Há varias teorias sobre o assunto.

Alguns historiadores referem-se ao termo árabe “chaucho”, que significa chicote. Outros dizem que pode ser derivado das tribos andinas, de uma língua conhecida como quíchua. Também acredita-se que possa ser uma ocorrência da independência da Argentina, em 1816, quando os índios nômades refugiados eram tratados por gaúchos ou charruas, por conta do chá mate ou chimarrão. Lessa (1978) afirma que a primeira vez que se utilizou a expressão gaúcho foi em 1787.

gaúcho

Cultura gaúcha no Rio Grande do Sul

Nos dias de hoje, como vimos, gaúcho são os brasileiros nascidos no Estado do Rio Grande do Sul. A cultura sulista é cheia de significados e tradições que envolvem os pampas e seus antepassados.

Entre muitas questões culturais, destacam-se as vestimentas típicas, as músicas e a gastronomia. Nas vestimentas, é comum ver homens vestidos de gaúcho, com guaica, bombacha, chapéu e lenço vermelho; enquanto que as mulheres se vestem de prenda, com um vestido rodado com babados.

Na música, é comum escutar polca, valsa, milonga e vaneirão. Quando os Centros de Tradição Gaúcha (CTG) se reúnem, prendas e gaúchos dançam a chula, uma dança tradicional desta cultura.

Na gastronomia, o pastoreio ainda marca grande presença com o churrasco, comida típica dos gaúchos. O churrasco consiste em assar diversos tipos de cortes de gado em uma churrasqueira tipicamente a carvão. São diversos os acompanhamentos do alimento, tais como pão com alho, salada de maionese e aipim frito.

20 de setembro

É a data mais importante do calendário gaúcho, pois é quando se comemora a vitória da Revolução Farroupilha. Quando setembro de aproxima, o Rio Grande do Sul prepara-se para as festividades. Na capital, Porto Alegre, é montado um grande acampamento que reproduz a época em que os gaúchos viviam apenas nos pampas.

Durante dias, as pessoas ficam neste acampamento vestindo indumentárias típicas e comendo apenas churrasco e bebendo chimarrão.

155 Visualizações 1 Total

References:

Lessa, Barbosa. (1978). Rodeio dos ventos: uma síntese fantástica da história do Rio Grande. Porto Alegre, Este Edições.

Marrero, Andrea. (2007). Estudo genético dos Gaúchos. Porto Alegre, LUME, UFRGS.

Ribeiro, Darcy. (2008). O povo brasileiro. Porto Alegre, Companhia de Bolso.

Tudo Para Churrasco

155 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo