Amoritas

Quem foram os Amoritas

Os Amoritas foram um povo semita, proveniente do deserto sírio-árabe e que por volta do ano 2000 a.C. invadiaram as cidades-estado na Mesopotâmia, colocando um fim na antiga civilização suméria e arcadiana. Apesar de terem subjugado os sumérios e os arcadianos, os amoritas acabam por absorver as suas culturas e a sua escrita, mantendo contudo o seu idioma de origem semita.

Após a sua chegada à Mesopotâmia, os amoritas fundaram a cidade da Babilónia que, graças à sua excelente localização nas margens do Eufrates viria a ser o principal entreposto comercial de toda a região e viria a dar nome ao império dos Amoritas: o Império Babilónico. O chamado Império Babilónico foi criado por volta de 1894 a.C., pouco depois da chegada dos Amoreus, por Amoreu Sumuabum. Contudo, é Hamurabi quem verdadeiramente funda o império (que viria a ser chamado de Primeiro Império Babilónico) ao conseguir unificar o território após resolução de vários disputas remanescentes com os sumérios e os arcadianos. Com a morte de Hamurabi, e devido a uma série de revoltas populares nas cidades-estado dominadas pelo império e devido várias conspirações contra a sucessão imperial, o Império Babilónico entra em declínio e é invadido pelos cassitas, um povo indo-europeu oriundo de um território a leste do rio Tigre.

Em 1155 a.C., quase 4 séculos após a sua chegada à Babilónia, os amoritas são vencidos e eliminados pelos elamitas.

26 Visualizações 1 Total
26 Visualizações