Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Navratilova, Martina

Para muitos, Martina Navratilova foi a melhor tenista de todos os tempos e é a tenista com mais títulos na Era Open tanto em Singulares como em Pares.

Para muitos, Martina Navratilova foi a melhor tenista de todos os tempos e é a tenista com mais títulos na Era Open tanto em Singulares como em Pares.

Martina Navratilova é a tenista com mais títulos na Era Open em Singulares e em Pares. Em singulares, alcançou a vitória em 167 e em Pares conseguiu triunfar em 177 torneios. É a recordista do número de semanas na liderança de Pares, com um total de 237 semanas e em singulares tem uma das melhores marcas, com 332 semanas como líder mundial, sendo a única atleta que foi número um tanto na variante de singulares como de pares. Fez parte do top 10 mundial durante 20 anos consecutivos entre 1975 e 1994. Na Era Open, é a tenista com o maior número de jogos ganhos de forma consecutiva, com a marca de 74 partidas e apresenta a melhor percentagem de vitórias num ano, com mais de 98% no ano de 1983, em que perdeu apenas um jogo dos 87 que disputou. Neste último ponto, Navratilova quatro das seis melhores marcas de sempre na Era Open. É a única atleta em masculinos ou femininos a ganhar oito torneios diferentes pelo menos em sete ocasiões. No que respeita a Grand Slam, Navratilova conquistou 18 torneios em singulares. Wimbledon foi o torneio que mais venceu, com nove edições (1978, 1979, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987, 1990), sendo recordista da prova enquanto no US Open triunfou em quatro edições (1983, 1984, 1986 e 1987), no Open da Austrália saiu vitoriosa em três anos (1981, 1983 e 1985) e no Open de França, em Roland Garros venceu em 1982 e 1984. É a única tenista a alcançar seis títulos de Grand Slam sem perder qualquer set.

Contudo, não venceu os quatro torneios de forma consecutiva em nenhum ano, mas em Pares femininos já conseguiu. A americana alcançou 31 torneios na variante de Pares femininos estabelecendo o recorde de títulos nesta categoria, sendo que o US Open foi o torneio que mais venceu com as edições de 1977, 1978, 1980, 1983, 1984, 1986, 1987, 1989 e 1990 conquistadas, seguindo-se o torneio do Open da Austrália, com oito títulos nos anos de 1980, 1982, 1983, 1984, 1985, 1987, 1988 e 1989, e depois o Open de França (1975, 1982, 1984, 1985, 1986, 1987 e 1988) terminando com as sete conquistas de Wimbledon em 1976, 1979, 1981, 1982, 1983, 1984 e 1986. E nesta categoria já conseguiu vencer os quatro torneios Grand Slam consecutivos no ano de 1984, sendo que foram oito seguidos desde Wimbledon em 1983 até Roland Garros em 1985. Mais tarde, fez novamente o Grand Slam pessoal entre Roland Garros em 1986 até à edição do ano seguinte. A atleta é das poucas a alcançar o triunfo em Pares Mistos de todos os torneios que compõem o Grand Slam, ao triunfar em Wimbledon por quatro ocasiões (1985, 1993, 1995, 2003), US Open por três vezes (1985, 1987, 2006), o Open de França em duas edições (1974 e 1985) e o Open da Austrália em 2003. Juntamente, com Margaret Court e Doris Hart, Martina Navratilova é uma das tenistas que conseguiu fazer vencer todos os torneios Grand Slam em Singulares, Pares Femininos e Pares Mistos.

No Campeonato Final da WTA, Navratilova venceu a competição tanto em Singulares como em Pares por 19 vezes, o que a torna numa recordista de vitórias e de presenças em finais, com 14 edições, na variante de Singulares. Navratilova conquistou a edição de 1978, 1979, 1981, 1983, 1984, 1985 e as duas edições de 1986 em Singulares enquanto nos Pares, a americana triunfou em 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, a edição de Novembro de 1986, 1987, 1988, 1989 e 1991.Outra das provas destinadas às tenistas femininas, a Fed Cup, foi conquistada por Martina Navratilova, enquanto representava a sua nação em quatro edições, no caso, nos anos de 1975, 1982, 1986 e 1989. Martina Navratilova é originária da ex-Checoslováquia mas aos 18 anos depois de ter pedido asilo politico foi-lhe concedido a cidadania americana.

200 Visualizações 2 Total
200 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter