Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Nadal, Rafael

Rafael Nadal é o melhor tenista espanhol de todos os tempos, sendo dos poucos que venceu os quatro torneios de Grand Slam com um total de catorze triunfos.

Rafael Nadal é o melhor tenista espanhol de todos os tempos, sendo dos poucos que venceu os quatro torneios de Grand Slam com um total de catorze triunfos.

Nascido nas Ilhas Baleares a 3 de Junho de 1986, Rafael Nadal é um predestinado para o ténis, já que desde muito novo foi batendo recordes, marcas e alcançando vitórias num ritmo mais acelerado do que a maioria dos atletas que, na altura, competiam com o espanhol nas camadas jovens. Rafael Nadal é sobrinho de Miguel Angel Nadal, ex-jogador de Barcelona e que chegou a representar a Selecção Espanhola e de Toni Nadal, ex-tenista profissional, que é o responsável pela carreira do sobrinho no mundo de ténis, sendo o seu treinador desde que se iniciou. Ao contrário de outros atletas, não saiu da Ilha de Maiorca por iniciativa de Toni Nadal que considerava que conseguia fazer crescer as capacidades do seu sobrinho estando rodeado do meio familiar. E acertou apesar do maior esforço financeiro pessoal que essa opção acarretou. Tornou-se profissional em 2001 e no ano seguinte, já vencia torneios Challenger e preparava-se para nos anos seguintes quebrar recordes. A vitória na final da Taça Davis de 2004 tornou-o no atleta mais novo a conseguir vencer a sua partida na final da competição e no ano seguinte, Nadal conseguia o seu primeiro título de Grand Slam, em Roland Garros na vertente de Singulares. O espanhol dominou na terra batida de Roland Garros. É a sua superfície predilecta e vencendo todos os torneios de Grand Slam em Singulares, o de Roland Garros, foi a competição rainha que mais vezes venceu, com nove edições conquistadas. E foram quase todas consecutivas, já que entre 2005 e 2014, ganhou todas as edições à excepção da edição de 2009, ano em que venceu o Open da Austrália, torneio que apenas venceu nessa vez. Relativamente a Wimbledon e o US Open, Nadal ganhou por duas edições cada torneio, sendo que o torneio inglês foi alcançado em 2008 e 2010, triunfando mais tarde, no US Open, onde viria a repetir triunfo em 2013. Rafael Nadal foi dos poucos tenistas a conquistar os quatro torneios de Grand Slam e o tenista com o recorde relativo a conquistas destes torneios em anos consecutivos. O espanhol venceu, pelo menos, um torneio Grand Slam em Singulares durante dez anos consecutivos, no caso entre 2005 e 2014. Além destas conquistas, Nadal venceu quatro edições da Taça Davis pela Espanha, nos anos de 2004, 2008, 2009 e 2011, além das medalhas de ouro olímpicas, em Singulares, nos Jogos Olímpicos de Pequim, no ano de 2008, e este ano, venceu o torneio de pares masculino nos Jogos Olímpicos de Rio de Janeiro. Além dos triunfos, Rafael Nadal apresenta vários recordes, como o atleta com mais títulos consecutivos num torneio em Singulares, como no Masters de Monte Carlo, já que triunfou entre 2005 e 2012 e o único atleta masculino a vencer um Grand Slam e um Torneio Masters 1000 durante dez anos consecutivos, entre os anos de 2005 e 2014. E viveu numa era com outro grande nome do ténis mundial, Roger Federer e a sua carreira foi marcada por algumas lesões graves, pelos que os números poderiam ter sido ainda melhores. Por isso mesmo, o espanhol Rafael Nadal não esteve muitas semanas como número um mundial. Só chegou a líder do ranking individual em Agosto de 2008, permanecendo até Maio do ano seguinte. Em 2010, 2011 e 2013, Rafael Nadal foi lider do ranking individual da ATP por períodos curtos de tempo, intercalando a liderança com Roger Federer e Novak Djokovic, seus maiores rivais. No total foram quase 70 torneios, sendo o sexto atleta na Era Open com mais torneios conquistados e o terceiro de sempre com o maior prémio monetário ganho.

130 Visualizações 1 Total
130 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo