McEnroe, John

John McEnroe é um ex-número 1 mundial no ténis, tendo conquistado mais de 150 provas na variante de Singulares e na de Pares.

John McEnroe é um ex-número 1 mundial no ténis, tendo conquistado mais de 150 provas na variante de Singulares e na de Pares.

John McEnroe é um cidadão norte-americano nascido na Alemanha, em Wiesbaden, a 16 de Fevereiro de 1959, isto porque o seu pai estava em funções da Força Aérea Norte-Americana nessa altura, contudo no ano seguinte, a sua família vai para Nova Iorque, onde reside até esta altura. Aprendeu a jogar ténis numa academia, onde jogou os seus primeiros torneios nacionais. A partir do ano de 1977 e com apenas 18 anos consegue a primeira de muitas conquistas no ténis mundial.

Como tenista, foi um dos melhores de sempre. Chegou a número um mundial em Singulares e Pares, 77 títulos sozinho e 78 títulos acompanhado, dos quais 17 em Grand Slam. Mas tinha tanto de óptimo jogador como polémico. Era um tenista que procurava o confronto com outros tenistas, árbitros, adeptos e altas autoridades do ténis. Enfim. Tudo o que mexesse e se lhe irritava, não escapava à fúria de McEnroe. E da maior parte das vezes tirava partido disso. Esta forma de encarar a partida fazia parte do estilo de jogo do norte-americano. Vamos aos títulos e comecemos pelos Singulares. É o quarto atleta masculino de todos os tempos com mais títulos, com 77 conquistados, embora não tenha alcançado as vitórias nos quatro torneios de Grand Slam. Ao americano escaparam-lhe a conquista do Open da Austrália e o Open de França mas ainda assim triunfou por sete vezes em Wimbledon e no Open dos Estados Unidos. O torneio da casa foi o primeiro que conseguiu em 1979, repetindo o triunfo nos dois anos seguintes e em 1984. Enquanto no US Open teve quatro vitórias, em Wimbledon foram três edições em que foi o vencedor nos anos de 1981, 1983 e 1984. Em 1984, McEnroe teve o seu melhor ano de carreira com 82 vitórias e três derrotas apenas, conseguindo o melhor rácio de vitórias de sempre em Singulares alcançado por tenistas na Era Open. O tenista americano foi número um mundial em Singulares durante 170 semanas entre 1980 e 1985 e em Pares, o domínio foi, ainda, mais avassalador com 270 semanas como líder mundial.

 Na vertente de pares, McEnroe sagrou-se vencedor de 78 torneios, sendo que em Pares Mistos conseguiu mais um, no caso, o primeiro dele num Grand Slam, em Roland Garros no ano de 1977, com apenas 18 anos de idade. Em Pares Masculinos, continuou o trajecto de Singulares em Grand Slam, ou seja, alcançou vitórias nos torneios de Wimbledon e no Open dos Estados Unidos. Em Wimbledon tem cinco edições conquistadas enquanto no torneio da terra natal saiu vitorioso em quatro anos. Em 1979, 1981 e 1983 ganhou os dois torneios em cada ano, sendo que em 1989 conseguiu a sua última vitória em Pares no US Open e em Wimbledon, triunfou nos anos de 1984 e 1992. Com isto, é o quinto atleta com mais triunfos em Pares. McEnroe conseguiu muitos dos seus principais triunfos nos finais de ano. Em Singulares, venceu o Campeonato Mundial da ATP, em 1978, 1983 e 1984, juntando aos títulos de outro campeonato similar, Campeonato Mundial de Ténis, sendo que é o recordista de vitórias desta prova com 5 triunfos nos anos de 1979, 1981, 1983, 1984 e 1989. Em Pares, ajudou a selecção norte-americana a alcançar cinco triunfos em 1978, 1979, 1981, 1982 e 1992, sendo que mais tarde foi nomeado capitão da selecção americana.

Deu por terminada a carreira em 1992 mas mesmo assim, McEnroe só se encontra bem dentro dos “courts”. Isto porque pelo seu estilo controverso e excêntrico, fora do paradigma de um tenista comum, é muitas vezes chamado para encontros de exibição ou solidariedade, sendo também comentador das principais provas de ténis mundial. Além disso, é possível encontrá-lo em diversos filmes cinematográficos retratando-se a si mesmo e ao seu carácter explosivo e sarcástico que garantia que as pessoas ficassem presas ao ecrã.

152 Visualizações 1 Total
152 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter