Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Evert, Chris

Chris Evert é uma ex-tenista que foi número um mundial em singulares e a segunda atleta de sempre com mais títulos em torneios.

Chris Evert é uma ex-tenista que foi número um mundial em singulares e a segunda atleta de sempre com mais títulos em torneios.

157 Títulos em Singulares, 32 em pares. Vamos dar ênfase aos torneios de Grand Slam, no caso, o Open da Austrália, o Open de França, o Open de Wimbledon e o Open dos Estados Unidos. No total, saiu vitoriosa em 18 deles na vertente de Singulares marcando um intenso despique com Martina Navratilova pela disputa de torneios e de recordes. É das poucas atletas a ter conquistado os quatro torneios que compõem o Grand Slam e durante treze anos consecutivos venceu pelo menos um destes torneios, sendo das poucas atletas a par de Steffi Graf, Martina Navratilova ou Rafael Nadal a ter ganho pelo menos um torneio dos “Majors” durante dez anos consecutivos.

Chris Evert começou por vencer o Torneio de Roland Garros, em Paris, no ano de 1974, sendo o torneio com mais conquistas por parte da norte-americana. Venceu sete edições do torneio francês (1974, 1975, 1979, 1980, 1983, 1985 e 1986), seguido das seis vitórias no Open dos Estados Unidos (1975, 1976, 1977, 1978, 1980 e 1982), sendo a atleta recordista de vitórias em ambos os torneios, ainda que no último esteja empatada com Serena Williams. O Torneio de Wimbledon foi conquistado em três anos (1974, 1976 e 1981) e o Open da Austrália foi ganho em 1982 e 1984. Portanto, entre 1974 e 1986, Chris Evert colocou o seu nome como vencedora de um destes torneios em cada ano. Por 34 ocasiões, Evert foi a uma final de um destes torneios sendo a atleta com mais presenças em finais de Grand Slam de sempre e em 56 torneios, Evert conseguiu chegar pelo menos às meias-finais em 52 vezes. Para não falar que nunca perdeu encontro algum na primeira ou segunda ronda sempre que entrou num destes torneios. É a única atleta feminina a alcançar cinco finais consecutivas em qualquer dos torneios do Grand Slam em que participou e nos primeiros seis torneios de Grand Slam que participou, esteve presente nas meias-finais ou na final. Estes são alguns dos muitos recordes que Evert ostenta embora lhe faltou o triunfo nos quatro torneios que compõem o Grand Slam de forma consecutiva. Martina Navratilova marcou uma intensa disputa com Chris Evert já que disputaram 14 finais e levou a melhor no confronto directo das finais, com dez vitórias para Navratilova enquanto Evert conquistou quatro torneios Grand Slam.

Em Pares, conta com apenas três títulos de Grand Slam, tendo ganho, por duas vezes, em Roland Garros nos anos de 1974 e 1975 e em Wimbledon venceu no ano de 1976. Fez parceria com Olga Morozova e com a “rival” Martina Navratilova. Evert chegou a ser número um mundial feminino na variante de singulares. Desde 1974 que era a melhor tenista mundial mas apenas no final de 1975 quando o ranking da Associação Feminina de Ténis foi instituída é que foi comprovado o seu lugar no topo, sendo a primeira tenista feminina a ser número um mundial, lugar que ocuparia durante cinco anos consecutivos (1974-1978) e mais tarde entre 1980 e 1981. Venceu quatro edições do Campeonato WTA em 1972, 1973, 1975 e 1977. A percentagem de vitórias na sua carreira é ainda a mais alta entre todos os tenistas (masculinos ou femininos), com o valor de 89,96% e o mesmo recorde destinado às atletas femininas em torneios de terra batida com 94,55%. Tudo isto em Singulares.

Fora do ténis, a atleta nascida na Florida a 21 de Dezembro de 1954, teve alguns casos amorosos com outro ex-tenista Jimmy Connors, tendo sido casada inicialmente com John Lloyd, do qual se separou e casou mais tarde com Andy Mill. Depois de se ter retirado do ténis, abre uma academia de ténis e, actualmente, é comentadora para a cadeia de televisão ESPN.

76 Visualizações 1 Total
76 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo