Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino

Apresentação do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino, uma competição organizada pela FIRS e disputada pelas seleções nacionais de todo o Mundo

O Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino é uma competição disputada entre as seleções nacionais femininas de todo o mundo na modalidade de hóquei em patins

O Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino, à semelhança da vertente masculina – O Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Masculino – é a mais importante e a principal competição entre as seleções nacionais de hóquei em patins de cada país, de todo o Mundo. A vertente feminina do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins começou a ser realizada na época do ano de 1992 e realizou-se em Springe, na Alemanha. O vencedor foi a seleção nacional de hóquei em patins feminina do Canadá e o finalista vencido foi a seleção nacional de hóquei em patins italiana. Esta competição realizou-se de dois em dois anos entre a época do ano 1992 – ano de estreia da competição – até à época do ano 2016, que se realizou em Iquique, no Chile e em que a seleção nacional de hóquei em patins feminina de Espanha se sagrou campeã mundial e Portugal foi o segundo classificado. Até 2016 a competição realizou-se, portanto, de dois em dois anos. A edição de 2017 foi a estreia da realização da prova integrada nos «Jogos Mundiais de Patinagem» ou «World Roller Games» que se realizou em Nanjing, na China. Em 2017 o campeão mundial do escalão feminino foi a Espanha e em segundo lugar ficou a seleção argentina. Em terceiro lugar ficou a Alemanha e em quarto lugar a seleção nacional de hóquei em patins feminina do Chile. À semelhança do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Masculino o Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino também é organizado pela FIRS – Fédération Internacionale de Roller – Sports/World Skate.

Vencedores e vice vencedores do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins (femininos)

Época 1992 – Vencedor: Canadá; Finalista vencido: Itália, realizou-se em Springe, na Alemanha

Época 1994 – Vencedor: Espanha; Finalista vencido: Canadá, realizou-se em Tavira, em Portugal

Época 1996 – Vencedor: Espanha; Finalista vencido: Itália, realizou-se em Sertãozinho, no Brasil

Época 1998 – Vencedor: Argentina; Finalista vencido: Portugal, realizou-se em Buenos Aires, na Argentina

Época 2000 – Vencedor: Espanha; Finalista vencido: Portugal, realizou-se em Marl, Alemanha

Época 2002 – Vencedor: Argentina; Finalista vencido: Brasil, realizou-se em Paços de Ferreira, em Portugal

Época 2004 – Vencedor: Argentina; Finalista vencido: Brasil, realizou-se em Wuppertal, na Alemanha

Época 2006 – Vencedor: Chile; Finalista vencido: Espanha, realizou-se em Santiago do Chile, no Chile

Época 2008 – Vencedor: Espanha; Finalista vencido: Portugal, realizou-se em Yuri and Honjõ, no Japão

Época 2010 – Vencedor: Argentina; Finalista vencido: França, realizou-se em Alcobendas, em Espanha

Época 2012 – Vencedor: França; Finalista vencido: Espanha, realizou-se em Recife, no Brasil

Época 2014 – Vencedor: Argentina; Finalista vencido: França, realizou-se em Tourcoing, na França

Época 2016 – Vencedor: Espanha; Finalista vencido: Portugal, realizou-se em Iquique, no Chile

Época 2017 – Vencedor: Espanha; Finalista vencido: Argentina, realizou-se em Nanjing, na China

Época 2019 – Vai realizar-se em Barcelona, em Espanha

Títulos por país

Espanha é o país que totaliza maior número de medalhas no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino com um total de onze medalhas: seis de ouro, duas de prata e três de bronze

Argentina arrecadou dez medalhas no total de participações no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino sendo que cinco são de ouro, uma é de prata e quatro são de cobre.

França está no terceiro lugar da classificação de países com mais medalhas nesta competição de nível mundial com um total de três medalhas (note-se a diferença entre os dois primeiros classificados) sendo uma medalha de ouro e a outra medalha de prata.

O Canadá ganhou duas medalhas no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino: uma medalha de ouro e uma medalha de prata.

O Chile ganhou duas medalhas nesta competição sendo uma delas de ouro e a outra de bronze.

Portugal já conseguiu ‘levar para casa’ cinco medalhas: quatro delas de prata e uma de bronze.

O Brasil ganhou duas medalhas de prata, totalizando essas mesmas duas medalhas.

Itália conseguiu ganhar duas medalhas de prata, também.

Alemanha, Colômbia, Japão e Nova Zelândia conseguiram apenas ganhar medalhas de bronze no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins Feminino sendo que:

A Alemanha arrecadou duas medalhas de bronze

A Colômbia arrecadou apenas uma medalha de bronze

O Japão ‘levou para casa’ uma medalha de bronze

Assim como a Nova Zelândia que também conseguiu conquistar apenas uma medalha de bronze.

207 Visualizações 1 Total
207 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo