Supertaça Cândido de Oliveira

A Supertaça Cândido de Oliveira, também conhecida apenas como Supertaça, é um troféu disputado entre o campeão e o vencedor da Taça de Portugal.

Conceito da Supertaça Cândido de Oliveira

A Supertaça Cândido de Oliveira, também conhecida como Supertaça Portuguesa ou somente Supertaça, é o primeiro troféu a ser disputado na temporada futebolística em Portugal. A organização da competição está a cargo da Federação Portuguesa de Futebol e a prova tem o mesmo formato desde 1979. Formato esse que consiste na disputa de uma partida de futebol, em estádio neutro, entre o campeão do Campeonato Nacional português e o vencedor da Taça de Portugal. Quando o vencedor do Campeonato e da Taça é o mesmo clube, a Supertaça é jogada com o finalista vencido da Taça de Portugal.

Logo oficial da Supertaça Cândido de Oliveira

Nome como homenagem

O nome da competição surge como homenagem a Cândido Fernandes Plácido de Oliveira, um antigo jogador, treinador e jornalista português que faleceu no ano de 1958. Os feitos de Cândido de Oliveira para o futebol português foram imensos, nos quais se destacam a fundação do Casa Pia Atlético Clube, a passagem pelo Benfica como jogador, a passagem pelo Sporting como treinador e o facto de ter sido o primeiro capitão da Seleção Portuguesa de futebol, em 1921. Como jornalista, cofundou o jornal A Bola. Como se o seu currículo não fosse suficiente para provar a sua proeminência para o futebol e para o desporto, Cândido de Oliveira foi condecorado a título póstumo com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito, em 1995.

História

A história da Supertaça tem tanto de simples como de atribulada. A primeira tentativa de instaurar a competição foi consumada em 1944, ano da inauguração do mítico Estádio Nacional, com um jogo entre o Sporting (campeão da temporada 1943-44) e o Benfica (vencedor da Taça de Portugal do mesmo ano). Em disputa estava a Taça Império que acabaria por ser conquistada pelo Sporting, após vencer a partida por 3-2, após prolongamento. A ideia da Taça Império foi abandonada logo após esse primeiro esboço por alegada falta de interesse dos clubes portugueses.

A segunda tentativa de criação da prova – e a última antes do nascimento da Supertaça – foi consumada por iniciativa da Casa da Imprensa, designando o troféu de Taça de Ouro da Imprensa. O jogo foi disputado novamente pelo Sporting e pelo Benfica, mas desta vez era o Benfica o campeão nacional da época e 1962-63 e o Sporting era detentor da Taça. O jogo terminou com um 5-0 para o Benfica, mas a prova nunca mais seria disputada.

Recordes e Curiosidades

  • O FC Porto é a equipa com mais Supertaças conquistadas, 20 no total
  • O FC Porto é a única equipa que conseguiu conquistar o troféu por cinco ocasiões consecutivas
  • As maiores goleadas da prova são o Sporting 6-1 Braga, em 1982, e o Benfica 0-5 Porto, em 1996
  • O atleta com mais Supertaças conquistadas é João Pinto, todas pelo FC Porto

Vencedores

Para consultar todos os vencedores, jogos e os respetivos palmarés relativos à Supertaça Cândido de Oliveira veja o artigo: Finais da Supertaça Portuguesa.

220 Visualizações 1 Total

References:

FPF. (2017) Regulamento Supertaça “Cândido de Oliveira”. Disponível em: http://www.fpf.pt/Portals/0/Documentos/RegimentosRegulamentos/REGULAMENTO%20Supertaca%20VF.pdf

Serpa, Homero & Serpa, Vítor. (2004) História do Futebol em Portugal. Edição CTT

Zerozero. (s.d.) Supertaça Cândido de Oliveira. Disponível em: https://www.zerozero.pt/competicao.php?id_comp=49

220 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo