SL Benfica

O SL Benfica é um dos três grandes clubes do futebol português, conquistou duas Taças dos Campeões, e é a equipa portuguesa com maior sucesso interno

Benfica

(Sport Lisboa e Benfica)

sl-benfica-01

 Dados Gerais

  • Nome completo: Sport Lisboa e Benfica
  • Fundação: 28 de Fevereiro de 1904
  • Localização: Lisboa, Portugal
  • Estádio: Estádio do Sport Lisboa e Benfica (ou Estádio da Luz)
  • Cor do equipamento principal: Vermelho e Branco
  • Epíteto: As Águias, Os Encarnados e o Glorioso
  • Principais rivais: FC Porto, Sporting CP e Belenenses

 Títulos e Prémios

  • Internacionais: Taça dos Campeões Europeus (2)
  • Nacionais: Campeonato Português (35); Taça de Portugal (25); Taça da Liga (7); Supertaça Cândido de Oliveira (6).

História:

O Sport Lisboa e Benfica ou simplesmente Benfica ou SLB foi fundado na zona de Belém em Lisboa, a 28 de Fevereiro de 1904 como Sport Lisboa. Teve vinte e quatro membros fundadores, essencialmente antigos alunos da Casa Pia, jovens da zona de Belém e membros da Associação Bem. O vermelho foi a cor escolhida para as camisolas, a águia o símbolo do clube e pluribus unum, todos por um, o lema do clube.

O primeiro jogo disputado pelo SL Benfica foi contra o Campo de Ourique no dia 1 de Janeiro de 1905, resultou numa vitória benfiquista por 1 a 0. A grande rivalidade com o Sporting surgiria ainda na fase inicial dos dois clubes, em 1907 o Sporting oferecia as melhores condições para a prática da modalidade em Portugal, face às dificuldades do Benfica ao nível financeira e de infra-estruturas, oito dos seus jogadores passaram a representar o rival, iniciando assim uma rivalidade que aumentou ao longo das décadas.

O Sport Lisboa tinha jogadores mas não tinha campo, o Grupo Sport Benfica tinha um campo mas não tinha jogadores e pretendia ampliar a prática desportiva para o futebol. Da necessidade de ambas as colectividades nasce a fusão entre os dois clubes, originando o Sport Lisboa e Benfica e a deslocação do clube da parte ocidental da cidade para a oriental em 1908.

Os primeiros anos do clube foram bem-sucedidos a nível regional com a conquista de diversos campeonatos da zona de Lisboa na década de dez. Mas o primeiro grande sucesso do clube surgiria na temporada de 1929-30, com a conquista do Campeonato de Portugal, competição disputada entre os melhores classificados das diferentes competições regionais, frente ao Barreirense por 3-1 após prolongamento. Na época seguinte revalidou o troféu ao vencer o FC Porto na final por 3 a 0. Este troféu foi conquistado pela última vez em 1935 com uma vitória por 2 a 1 contra o grande rival Sporting.

Com a criação dos campeonatos nacionais de futebol, o SL Benfica conquista esta competição por sete vezes entre 1938 e 1950, adquirindo uma popularidade nunca antes vista em Portugal. Em 1950 vence a primeira competição internacional, a Taça Latina ao derrotar o Bordéus na final. Neste período foram conquistadas diversas Taças de Portugal, a primeira do historial do clube em 1939-40 ante o Belenenses por 3 a 1.

As décadas de cinquenta e sessenta trariam a conquista de mais dez campeonatos nacionais e igual número de Taças. Mas seria a nível internacional que o SL Benfica iria brilhar, em 1961 tornou-se a primeira equipa portuguesa a disputar e ganhar a final da Taça dos Campeões Europeus, ao derrotar o Barcelona por 3-2. Desta equipa destacavam-se jogadores como Coluna e José Águas, no ano seguinte já com a lenda do Benfica e da selecção nacional portuguesa, Eusébio, revalida esta conquista ao derrotar na final o Real Madrid por 5 a 3. O Benfica era orientado pelo treinador húngaro, Béla Guttmann.

O regime fascista de Salazar, face aos sucessos internos e externos do SL Benfica começou a tirar proveito dessa popularidade para acções políticas e propagandísticas.

A década de setenta foi proveitosa para os encarnados, com seis campeonatos conquistados. Mas a actualidade politica portuguesa nesta década ficou marcada pelo golpe militar de 25 de Abril de 1974, abolição do regime fascista e reintrodução do regime democrático.

Esta mudança viu o Benfica continuar a conquistar troféus nacionais, cinco na década de oitenta, mas também alterou o paradigma do futebol lusitano. O FC Porto começou gradualmente a contrariar a hegemonia benfiquista, até ao ponto em que dominava por completo o futebol lusitano.

A nível europeu o Benfica participou em mais cinco finais da Taça dos Campeões Europeus, mas saiu derrotado em todas elas. Segundo os mais supersticiosos a culpa destas derrotas fora de Béla Guttmann, que ao sair do SL Benfica amaldiçoou o clube ao afirmar que nunca mais iria vencer uma final europeia. Certo é que nas finais da Liga Europa de 2013 e 2014, o SL Benfica foi derrotado, mantendo viva a maldição de Guttman.

Após as conquistas nacionais nos inícios dos anos noventa, o clube entra numa face menos positiva, com declínio desportivo acentuado, em detrimento ao rival nortenho FC Porto que demarcava o seu domínio. À crise desportiva juntou-se uma forte crise financeira que quase levou o clube à falência.

Com a chegada de Luís Filipe Vieira á presidência do clube e com diversas alterações na estrutura do clube, e a contratação de treinadores como Jorge Jesus ou Rui Vitória, o clube recupera grande parte da influência que detinha anteriormente, conquistando diversos títulos nacionais.

Títulos:

  • Vencedor Campeonato Português por trinta e cinco vezes: 1935-36, 1936-37, 1937-38, 1941-42, 1942-43, 1944-45, 1949-50, 1954-55, 1956-57, 1959-60, 1960-61, 1962-63, 1963-64, 1964-65, 1966-67, 1967-68, 1968-69, 1970-71, 1971-72, 1972-73, 1974-75, 1975-76, 1976-77, 1980-81, 1982-83, 1983-84, 1986-87, 1988-89, 1990-91, 1993-94, 2004-05, 2009-10, 2013-14, 2014-15 e 2015-16
  • Vencedor Taça de Portugal por vinte e cinco vezes: 1939-40,1942-43, 1943-44, 1948-49, 1950-51, 1951-52, 1952-53, 1954-55, 1956-57, 1958-59, 1961-62, 1963-64, 1968-69, 1969-70, 1971-72, 1979-80, 1980-81, 1982-83, 1984-85, 1985-86, 1986-87, 1992-93, 1995-96, 2003-04 e 2013-14
  • Vencedor Campeonato de Portugal por três vezes: 1929-30, 1930-31 e 1934-35
  • Vencedor Supertaça Portuguesa por cinco vezes: 1980, 1985, 1989, 2005 e 2014.
  • Vencedor Taça da Liga Portuguesa por sete vezes: 2008-09, 2009-10, 2010-11, 2011-12, 2013-14, 2014-15 e 2015-16
  • Vencedor Taça dos Campeões Europeus por duas vezes: 1960-61 e 1961-62
  • Vencedor Taça Latina por uma vez: 1950.
  • Vencedor Campeonato Regional de Lisboa por dez vezes: 1909-10, 1911-12, 1912/13, 1913-14, 1915-16, 1916-17, 1917-18, 1919-20, 1932-33 e 1939-40.
1215 Visualizações 2 Total

References:

http://www.zerozero.pt/text.php?tp=4&nchapter=20

1215 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo