Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho é um ex-futebolista brasileiro, jogou no Barcelona, PSG, Grémio entre outros, venceu por duas vezes o título de melhor jogador do mundo. É considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos.

Ronaldinho Gaúcho

Ronaldo de Assis Moreira, conhecido no mundo do futebol como Ronaldinho Gaúcho, ou somente Ronaldinho, nasceu a 21 de Março de 1980 em Porto Alegre no Brasil. É um ex-futebolista, atuava como médio ofensivo e é considerado um dos melhores de todos os tempos, venceu por duas vezes o prémio FIFA de melhor jogador do mundo. Destacou-se nomeadamente no Barcelona, Paris Saint Germain, Grémio e na seleção brasileira.

BARCELONA, SPAIN - OCTOBER 30: Ronaldinho of FC Barcelona celebrates his goal during the La Liga match between FC Barcelona and Real Sociedad, on October 30, 2005 at the Camp Nou stadium in Barcelona, Spain. (Photo by Luis Bagu/Getty Images)

Começou no futsal, mas rapidamente passou para o futebol, também influenciado pelo irmão mais velho, Roberto, que já era jogador profissional, Ronaldinho ganhou esta alcunha nas camadas jovens do Grémio de Porto Alegre por jogar sempre com os mais velhos, o que o tornava o mais pequeno e franzino, assim nascia o nome pelo qual viria a ser reconhecido mundialmente. Com um trajeto de formação nas escolas do Grémio, Ronaldinho estreou-se pela equipa principal do clube com apenas 18 anos, numa partida da taça dos libertadores da América, foram três épocas a representar os gremistas, onde os seus dribles saltavam à vista de todos, inclusive dos clubes europeus que manifestavam interesse no jogador, a direção do Grémio mostrava-se irredutível e afirmava que não queria vender o jogador, chegando mesmo a colocar uma faixa no estádio a dizer que o jogador não estava à venda, mas a resistência do clube acabou por fraquejar ao Paris Saint Germain, o clube parisiense, na altura, ainda longe dos petrodólares atuais, pagou 5 milhões de euros pelo brasileiro. Esteve duas épocas na cidade luz onde acabou por sair sem qualquer título pelo clube, a última época em Paris culmina com o mundial de seleções na Coreia e Japão, Ronaldinho foi um dos 23 convocados pelo selecionador brasileiro, Luiz Felipe Scolari e contribui para a conquista do título de campeão mundial da canarinha, fazendo parte da equipa ideal da competição. As duas épocas em Paris e a prestação no mundial chamam a atenção dos principais clubes do mundo e é o Barcelona a levar a melhor sobre a concorrência e a conseguir a contratação do jogador, na altura de 23 anos.

“Cheguei ao Barcelona com a intenção de marcar uma era”. A frase é de Ronaldinho aquando da sua chegada a Camp Nou e que viria a tornar-se verdadeira, o Barcelona vinha de épocas pouco conseguidas, algo que viria a mudar, na primeira época de Ronaldinho, o Barcelona perde o título para o Valência, mas individualmente Ronaldinho é eleito o melhor jogador do mundo, marcando o início de uma das fases mais dominantes da história dos blaugrana, no ano seguinte, vence novamente o galardão de melhor do mundo e desta vez acrescenta títulos coletivos, ao vencer a liga espanhola e a liga dos campeões. Esta época fica ainda marcada pela exibição do jogador no estádio do eterno rival, Real Madrid, a 19 de novembro numa vitória dos catalães por 3-0, dois golos de Ronaldinho, a exibição do brasileiro foi de tal forma soberba que foi aplaudido de pé pelos rivais do próprio clube.

No total de cinco épocas em Barcelona, Ronaldinho participou em 207 partidas oficiais apontando 94 golos. Em 2007 com a saída de Frank Rijkaard, treinador que o havida contratado, chega Pep Guardiola que dispensa o jogador, este segue para Itália, para o AC Milan onde realiza duas épocas e meia, sem o brilhantismo dos tempos de Camp Nou, consegue ainda assim contribuir para a conquista duma Serie A antes de regressar a casa.

Em 2011 e descontente pela pouca utilização em Milão, Ronaldinho pede para regressar ao Brasil, após negociações com o Grémio, acaba por rumar ao Flamengo, criando muita contestação nos adeptos dos gremistas, por se sentirem traídos, no entanto, a ligação entre jogador e Flamengo não foi a mais pacífica, durou apenas dois anos e acabou com a rescisão em tribunal após falhas nos pagamentos. Seguiram-se três épocas no Atlético Mineiro e uma aventura no México de um ano, no Querétaro, antes do regresso ao Brasil para a despedida, um ano no Fluminense terminando assim a carreira aos 35 anos de idade. Uma carreira dividida por 8 clubes onde totalizou 736 jogos e 281 golos, pela seleção principal brasileira conta com 99 internacionalizações e 34 golos, daquele que é indiscutivelmente um dos melhores de sempre da modalidade.

68 Visualizações 2 Total
68 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo