Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Académica de Coimbra

A Académica de Coimbra é uma das históricas equipas do futebol português, e uma presença assídua no principal escalão do futebol lusitano.

Logo Académica de Coimbra

Logo Académica de Coimbra

Fundação: 3 de Novembro de 1887.

Cidade/país: Coimbra, Portugal.

Estádio: Estádio Municipal de Coimbra.

Cor equipamento principal: Preto

Principais rivais: Vitória de Guimarães e Naval 1º de Maio.

Epíteto: Os Estudantes e A Briosa

História:

A Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol ou simplesmente Académica de Coimbra foi fundada em 1887 como associação estudantil da Universidade Coimbra. O entusiasmo em trono do futebol surgiu na cidade de Coimbra após um jogo disputado entre o Ginásio Coimbrão e o Ginásio Aveirense em 1894.

Rapidamente estudantes de todo o país e estrangeiros da Universidade começaram a juntar-se no centro da cidade, naquilo que actualmente é a Praça da República para a prática da modalidade, No início do século vinte a secção de desporto da Associação Académica de Coimbra já contava com o futebol entre as modalidades praticadas.

A instauração da República em 1910 moldou não só o aspecto político, como também o aspecto estudantil, com a criação de Universidades no Porto e em Lisboa, embora Coimbra continuasse como a mais apelativa e prestigiada do país.

O primeiro jogo disputada pela Académica de Coimbra após estas transformações foi contra o Ginásio Coimbrão, resultando numa vitória por 1 a 0 dos estudantes. Gradualmente tornou-se o clube mais representativo e influente da região centro de Portugal.

Em 1922, a Académica de Coimbra foi um dos membros fundadores da Associação de Futebol de Coimbra. Na época de 1922-23 atinge a final do Campeonato de Portugal, mas é derrotada na final pelo Sporting por 3-0, atingindo assim prestígio a nível nacional.

Na temporada de 1934-35 foi uma das oito equipas a participar na primeira edição do campeonato português, conquistado pelo FC Porto. A Académica terminou na oitava e última posição. O primeiro grande feito do clube foi a conquista da Taça de Portugal na temporada de 1938-39, ao derrotar na final o Benfica por 4 a 3.

Em 1948 é despromovida pela primeira vez ao segundo escalão do futebol luso, ao vencer esta competição na época seguinte (1948-49) conseguiu o regresso à elite do futebol luso. Em 1951 perde a Taça de Portugal para o Benfica, após uma derrota por expressivos 5 a 1.

Na temporada de 1966-67 conseguem atingir a melhor classificação no campeonato do seu historial, o segundo lugar, nessa mesma época atingiram nova final da Taça, mas saíram derrotados pelo Vitória de Setúbal por 3 a 2, naquele que foi o jogo mais demorado da história do futebol lusitano, duas horas e vinte e quatro minutos.

Em 1968 estreou-se na Taça das Cidades com Feira, antecessora da Taça UEFA, sendo eliminado pelo Lyon com desempate por moeda ao ar.

Em 1968-69 a Académica de Coimbra chegou a outra final da Taça, novamente contra o Benfica. Este jogo ficou marcado não só pela vitória benfiquista por 2 a 1 após prolongamento, mas essencialmente pela luta estudantil contra o regime ditatorial. Na época era vivida uma crise entre o regime Marcelista e os universitários de Coimbra, como forma de apoio e solidariedade com os estudantes, os jogadores da Académica, alguns deles também alunos, entraram em campo com a capa académica caída pelos ombros em sinal de luto. Esta final simbolizou uma acção de luta contra o regime, em que muitos benfiquistas opositores do regime teriam preferido a vitória estudantil como símbolo da liberdade.

Após a Revolução de 1974 o clube entra num período menos positivo da sua História, com constante subidas e descidas de divisão. Na temporada de 1974.75 como consequência das transformações revolucionárias a secção de futebol é separada da Associação Académica, passando a denominar-se Clube Académico de Coimbra. Em 1984 volta à denominação de Associação Académica de Coimbra, com a designação de Organismo Autónomo de Futebol.

A viragem para o século XX viu a estabilização do clube na Primeira Liga e a conquista da Taça de Portugal na temporada de 2011-12 ao derrotar na final o Sporting por 1 a 0.

Títulos:

  • Vencedor Taça de Portugal por duas vezes: 1938-39 e 2011-12
  • Vencedor Segunda Divisão Portuguesa por duas vezes: 1948-49 e 1972-73
406 Visualizações 1 Total

References:

http://www.academica-oaf.pt/home/historia/

http://www.zerozero.pt/text.php?tp=4&nchapter=4

406 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter