Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Kristensen, Tom

Tom Kristensen é um ex-piloto dinamarquês que é célebre pelo seu recorde de conquistas nas 24 Horas de Le Mans, com nove conquistas, seis delas consecutivas.

Tom Kristensen é um ex-piloto dinamarquês que é célebre pelo seu recorde de conquistas nas 24 Horas de Le Mans, com nove conquistas, seis delas consecutivas.

Nascido na cidade de Hobro a 7 de Julho de 1967, o dinamarquês começou o automobilismo como a maioria dos grandes pilotos, depois de ganhar vários títulos no karting, depois de 1984, ano em que começou a sua carreira. Nos inícios dos anos 90, chegaram os primeiros títulos internacionais, com a conquista do Campeonato Alemão (1991) e Japonês (1993) de Fórmula 3 e vice-campeão do Campeonato Japonês de Carros de Turismo em 1992 e 1994. Nos anos seguintes, Tom Kristensen participou em vários campeonatos internacionais, sendo também piloto de testes da equipa de Fórmula 1, Tyrrell, no ano de 1998 e em 2000, no monolugar da Williams, para preparar os pneus da marca Michelin. Entretanto, vence a edição de Le Mans em que se estreia, no ano de 1997, sendo que o piloto nem estava incluído na convocatória inicial da equipa da Joest Racing da Porsche. Davy Jones teve um acidente que o impossibilitou e, por isso, Tom Kristensen foi incluído na equipa alemã, juntamente com Michele Alboreto e Stefan Johansson e consagraram-se vencedores da prova francesa. Participou nas duas edições seguintes pela marca alemã BMW mas sem sucesso, contando dois abandonos na competição. O ano de 2000 marcou o seu regresso às vitórias na prova francesa através da Audi e um domínio avassalador, com seis triunfos consecutivos. Entre 2000 e 2002, o germânico Frank Biela e o italiano Emanuele Pirro foram companheiros de equipa do dinamarquês na Audi enquanto em 2003, venceu pela equipa inglesa da Bentley, com Rinaldo Capello e Guy Smith a acompanharem-no no pódio como vencedores de Le Mans. No ano seguinte, regressou à Audi para não mais sair, sendo que em 2004, Rinaldo Capello voltou a acompanhá-lo, desta vez, com Seiji Ara e em 2005, Kristensen ganhou com JJ Lehto e Marco Werner. Com esta vitória, tornava-se o piloto com mais vitórias nas 24 Horas de Le Mans, ultrapassando o recorde do belga Jacky Ickx. Depois só voltaria às conquistas da prova em 2008, depois de em 2007 ter ficado no terceiro lugar e em 2007 ter abandonado quando liderava a competição. Rinaldo Capello e Allan McNish seriam os companheiros de equipa vencedores desse ano, tendo sido os que tiveram mais tempo com o dinamarquês, nomeadamente, entre 2006 e 2012. Terminaram mais três edições no pódio mas sem vitórias e com um abandono precoce na edição de 2012. A sua última vitória em Le Mans foi em 2013, ainda com McNish mas sem Capello. O francês Loic Duval era o seu novo companheiro de equipa. O último ano de Kristensen na prova francesa foi em 2014, terminando as 24 Horas de Le Mans como vice-campeão dessa edição e recordista máximo com nove conquistas. Além de recordista de vitórias em Le Mans, Tom Kristensen é o piloto com mais conquistas das 12 Horas de Sebring, com seis triunfos nos anos de 1999, 2000, 2005, 2006, 2009 e 2012. Por último, é de destacar a vitória do dinamarquês na classificação geral do Campeonato Mundial de Endurance, no ano de 2013.

117 Visualizações 2 Total
117 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo