Phelps, Michael

Michael Phelps é um dos melhores atletas da natação de todos os tempos, com um total de 22 medalhas conquistadas em três edições de Jogos Olímpicos, sendo um dos recordistas de medalhas alcançadas.

Biografia de Michael Phelps

Michael Phelps é um dos melhores atletas da natação de todos os tempos, com um total de 22 medalhas conquistadas em três edições de Jogos Olímpicos, sendo um dos recordistas de medalhas alcançadas.

Nasceu no estado norte-americano do Baltimore, a 30 de Junho de 1985, um homem que marcou toda uma geração da natação mundial. Começou na natação com sete anos de idade e aos 15 anos, já garantia os mínimos olímpicos para a participação nos Jogos Olímpicos de 2000. E com esta idade, chegou à final da prova dos 200 metros mariposa. No início de 2001, bate o recorde mundial desta disciplina ainda com 16 anos por fazer, na competição que decidia quem iria aos campeonatos do mundo, sendo que nos Mundiais, Phelps voltou a bater o seu próprio recorde. Em 2003, foi o primeiro norte-americano a conquistar provas em três estilos diferentes nos campeonatos nacionais. Nos mundiais, Michael Phelps conquistou seis medalhas no total, quatro de ouro e duas de prata. Venceu os 200 metros mariposa sem recorde do mundo, mas nos 200 e 400 metros estilos e na estafeta dos 4 por 100 metros estilos, as medalhas de ouro foram alcançadas com novo recorde do mundo. As medalhas de prata foram conseguidas nos 100 metros mariposa e na estafeta dos 4 por 200 metros livres. Na sua segunda participação dos Jogos Olímpicos, bateu vários recordes nacionais, olímpicos e mundiais e foi a primeira grande demonstração de força do atleta norte-americano. Seis medalhas de Ouro e duas de Bronze. Sagrou-se campeão olímpico nos 100 e 200 metros mariposa, 200 e 400 metros estilos e nas estafetas de 4 por 100 metros estilos e 4 por 200 metros livres.

No ano seguinte, os Campeonatos Mundiais realizaram-se no Canadá e Phelps voltou a marcar presença pela selecção norte-americana conquistando cinco medalhas de ouro e uma de prata, vencendo os 200 metros livres e os 200 metros estilos, ficando-se pela prata e pelo vice-campeonato mundial nos 100 metros mariposa. As outras medalhas de Ouro foram ganhas pela equipa norte-americana nos 100 e 200 metros livres e 100 metros estilos. Na edição seguinte dos mundiais, Phelps não deu hipótese. Conquistou sete medalhas de Ouro e voltando a quebrar vários recordes do mundo, mais uma vez. Estabeleceu um novo recorde do mundo nas provas de 200 metros livres, mariposa e estilos, além dos 400 metros estilos e da estafeta norte-americana dos 4 por 200 metros livres. Ajudou também a marcar um novo melhor tempo nos campeonatos mundiais nos 4 por 100 metros livres, sendo que a vitória nos 100 metros mariposa foi a única prova em que não quebrou qualquer recorde durante esta edição da competição.

A edição do ano de 2008 dos Jogos Olímpicos foi histórica para o desporto no geral e em particular para Michael Phelps. Conquistou oito títulos olímpicos, superando a marca de Mark Spitz que conseguiu sete títulos na edição de 1972, em Munique. Mais uma vez, juntou ao pecúlio de medalhas de Ouro, novos recordes do mundo e das olimpíadas. Revalidou os títulos olímpicos nos 100 e 200 metros mariposa, nos 200 e 400 metros estilos e na estafeta dos 4 por 100 metros estilos e na dos 4 por 200 metros livres. Sagrou-se novo campeão olímpico no estilo livre das provas dos 200 metros e na estafeta dos 100 metros. Na ressaca das olimpíadas, foi campeão mundial na mariposa nas provas de 100 e 200 metros e nas provas de estafeta livre dos 100 e 200 metros e dos 200 estilos. Nos 200 metros livres acabou por não chegar ao título de campeão mundial, ficando pela segunda posição. Essa edição dos campeonatos do mundo de 2009, foi realizada em Roma e a edição seguinte foi na China, na cidade de Shangai. Phelps encontrou maior resistência, mas ainda assim conseguiu sete medalhas no total. Nos 100 e 200 metros mariposa voltou a não dar hipóteses à concorrência, vencendo as provas, assim como na estafeta por equipas dos 100 estilos e 200 livres. Na estafeta dos 100 livres, a equipa ficou-se pelo bronze e Phelps, ainda acumulou duas medalhas de prata nos 200 metros estilos e livre. Em 2012, voltavam os Jogos Olímpicos e Phelps marca presença e deixa a sua marca, ao levar quatro medalhas de Ouro e duas de Prata. Como sempre nas estafetas dos 4 por 100 estilos e 200 livres e a título individual, ganhou as provas de 100 metros mariposa e 200 metros estilos. Tornou-se vice-campeão olímpico nos 200 metros mariposa e na estafeta dos 100 livres. É o homem dos recordes. Depois de bater o de Mark Spitz das oito conquistas numa só edição, torna-se o atleta com mais medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, num total de 18 títulos. Teve uns meses afastado da competição e regressou em 2014, mas ainda sem voltar aos grandes palcos mas ainda a tempo de fazer mais história este ano.

154 Visualizações 2 Total
154 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo