Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Vencedores Classificação Geral Volta Itália

Conheça todos os vencedores da Classificação Geral da Volta a Itália desde a sua edição inicial.

A Volta a Itália teve a sua primeira edição no ano de 1909, ocorrendo interrupções nos anos em que decorreram as Guerras Mundiais, entre 1915 a 1918 e entre 1941 a 1945. Os recordistas de triunfos na geral da prova italiana estão repartidos por Alfredo Binda, Fausto Coppi e Eddy Merckx, com cinco triunfos cada. A prova teve algumas regras diferentes das actuais, sobretudo, logo no seu início. Nas primeiras cinco edições (1909 a 1913), a prova era estabelecida em função de pontos e não de tempos como é hoje em dia, sendo que vencia quem conseguia o menor número de pontos. Em 1912, além do sistema de pontos, a classificação foi estabelecida pelo sistema por equipas ao invés da habitual classificação individual. Os primeiros anos foram os ciclistas italianos que dominaram mas com a internacionalização do Giro de Itália, mas agora encontram maior concorrência dos ciclistas estrangeiros nestes últimos anos, tendo sido o suíço Hugo Koblet, em 1950 a ter sido o primeiro estrangeiro a conquistar o Giro. Segue a lista por ordem cronológica de ano, com o respectivo vencedor e a equipa que representa.

1909 – Luigi Ganna (Atala)

1910 – Carlo Galetti (Atala Continental)

1911 – Carlo Galetti (Bianchi)

1912 – Atala

1913 – Carlo Oriani (Maino Pirelli)

1914 – Alfonso Calzolari (Stucchi)

1919 – Constante Girardengo (Stucchi)

1920 – Gaetano Belloni (Bianchi)

1921 – Giovanni Brunero (Legnano)

1922 – Giovanni Brunero (Legnano)

1923 – Constante Girardengo (Maino)

1924 – Giuseppe Enrici (Individual)

1925 – Alfredo Binda (Legnano)

1926 – Giovanni Brunero (Legnano Pirelli)

1927 – Alfredo Binda (Legnano Pirelli)

1928 – Alfredo Binda (Wolsit Pirelli)

1929 – Alfredo Binda (Legnano Hutchinson)

1930 – Luigi Marchisio (Legnano Pirelli)

1931 – Francesco Camusso (Gloria Hutchinson)

1932 – Antonio Pesenti (Wolsit Hutchinson)

1933 – Alfredo Binda (Legnano Hutchinson)

1934 – Learco Guerra (Maino D´Alessandro)

1935 – Vasco Bergamaschi (Maino D´Alessandro)

1936 – Gino Bartali (Legnano)

1937 – Gino Bartali (Legnano)

1938 – Giovanni Valetti (Freyus)

1939 – Giovanni Valetti (Freyus)

1940 – Fausto Coppi (Legnano)

1946 – Gino Bartali (Legnano)

1947 – Fausto Coppi (Bianchi)

1948 – Fiorenzo Magni (Willier Triestina)

1949 – Fausto Coppi (Bianchi)

1950 – Hugo Koblet (Guerra)

1951 – Fiorenzo Magni (Ganna)

1952 – Fausto Coppi (Bianchi)

1953 – Fausto Coppi (Bianchi)

1954 – Carlo Clerici (Suiça-Guerra)

1955 – Fiorenzo Magni (Nivea-Fuchs)

1956 – Charly Gaul (Faema-Guerra)

1957 – Gastone Nencini (Leo-Chlorodont)

1958 – Ercole Baldini (Legnano)

1959 – Charly Gaul (Emi-Guerra)

1960 – Jacques Anquetil (Fynsec)

1961 – Arnaldo Pambianco (Fides)

1962 – Franco Balmamion (Carpano)

1963 – Franco Balmamion (Carpano)

1964 – Jacques Anquetil (Saint Raphael)

1965 – Vittorio Adorni (Salvarani)

1966 – Gianni Motta (Molteni)

1967 – Felice Gimondi (Salvarani)

1968 – Eddy Merckx (Faema)

1969 – Felice Gimondi (Salvarani)

1970 – Eddy Merckx (Faemino)

1971 – Gosta Pettersson (Ferretti)

1972 – Eddy Merckx (Molteni)

1973 – Eddy Merckx (Molteni)

1974 – Eddy Merckx (Molteni)

1975 – Fausto Bertoglio (Jollyceramica)

1976 – Felice Gimondi (Bianchi Campagnolo)

1977 – Michel Pollentier (Latina Flandria Velda)

1978 – Johan de Muynck (Bianchi Faema)

1979 – Giuseppe Saronni (Scic Botecchia)

1980 – Bernard Hinault (Renault-Gitane)

1981 – Giovanni Bataglin (Inoxpran)

1982 – Bernard Hinault (Renault-Elf-Gitane)

1983 – Giuseppe Saronni (Del Tongo-Colnago)

1984 – Francesco Moser (Gis Gelati Tuc Lu)

1985 – Bernard Hinault (La Vie Claire)

1986 – Roberto Visentini (Carrera Vagabond)

1987 – Stephen Roche (Carrera Vagabond)

1988 – Andrew Hampsten (7 Eleven Hoonved)

1989 – Laurent Fignon (Systeme U)

1990 – Gianni Bugno (Salotti Chateau d´Ax)

1991 – Franco Chiocchiolli (Del Tongo MG)

1992 – Miguel Indurain (Banesto)

1993 – Miguel Indurain (Banesto)

1994 – Evgueni Berzin (Gewiss Ballan)

1995 – Tony Rominger (Mapei GB)

1996 – Pavel Tonkov (Panaria Vinavil)

1997 – Ivan Gotti (Saeco Estro)

1998 – Marco Pantani (Mercatone Uno)

1999 – Ivan Gotti (Polti)

2000 – Stefano Garzelli (Mercatone Uno)

2001 – Gilberto Simoni (Lampre Daikin)

2002 – Paolo Savoldelli (Index Alexia)

2003 – Gilberto Simoni (Saeco Longoni Sport)

2004 – Damiano Cunego (Saeco)

2005 – Paolo Savoldelli (Discovery Channel)

2006 – Ivan Basso (Team CSC)

2007 – Danilo di Luca (Liquigás)

2008 – Alberto Contador (Astana)

2009 – Denis Menchov (Rabobank)

2010 – Ivan Basso (Liquigás-Doimo)

2011 – Michele Scarponi (Lampre-ISD)

2012 – Ryder Hesjedal (Garmin-Barracuda)

2013 – Vincenzo Nibali (Astana)

2014 – Nairo Quintana (Movistar)

2015 – Alberto Contador (Tinkoff-Saxo)

2016 – Vincenzo Nibali (Astana)

242 Visualizações 4 Total
242 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo