Bubka, Sergey

Sergey Bubka foi o melhor atleta no salto com vara de todos os tempos, conquistando várias medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, campeonatos mundiais e europeus.

Biografia de Sergey Bubka

Sergey Bubka foi o melhor atleta no salto com vara de todos os tempos, conquistando várias medalhas de ouro em Jogos Olímpicos, campeonatos mundiais e europeus, derrubando recordes e estabelecendo novas marcas dando grande visibilidade a uma disciplina que não era tão conhecida do grande público.

O atleta ucraniano foi um atleta fora de série logo desde o início. Com 16 anos já saltava mais de 5 metros e poucos anos depois, é convocado para ir aos Campeonatos do mundo de Helsínquia, em 1983. Torna-se campeão mundial com uma marca de 5,70 na primeira vez que participa numa prova internacional, com somente 19 anos de idade. Em ano de Jogos Olímpicos, Sergey Bubka começa a trilhar o seu caminho dentro da disciplina e começa a bater os recordes mundiais que, no total desse ano, foram por nove vezes batidos pelo soviético. Contudo, numa altura de Guerra Fria entre Estados Unidos e União Soviética, e os Jogos sendo disputados em Los Angeles, a União Soviética decidiu não participar na prova e, por isso, Bubka não conseguiu ganhar o título olímpico que acabaria por lhe chegar mais tarde, em Seul. Até lá, Sergey Bubka continuou a vencer provas e a fixar novos recordes mundiais. Sergey Bubka era o rei mundial da disciplina, apesar de alguma concorrência que, por vezes, também quebravam recordes mundiais, sendo que o ucraniano respondia mais tarde com novo recorde. Uma ideia deste domínio foi a supremacia que evidenciou nos campeonatos mundiais ao ar livre ao vencer seis edições consecutivas da prova. Como já foi referido venceu em Helsínquia no ano de 1983 e depois, Bubka venceu em Roma (1987), Tóquio (1991), Estugarda (1993), Gotemburgo (1995) e Atenas (1997). Em pista coberta, foi campeão europeu na edição de Estugarda no ano de 1986 e, também, foi campeão mundial nas edições de Paris, em 1985, Indianapolis, em 1987, Sevilha, em 1991 e em Barcelona no ano de 1995. Nos Jogos Olímpicos, só correu bem em Seul, na edição de 1988, já que em Barcelona não passa dos 5.75 metros e em Atlanta não conseguiu fazer qualquer salto devido a uma lesão que teve. Nas últimas olimpíadas que participou, em Sidney, Bubka não teve qualquer salto válido e acabou eliminado da prova sem resultados válidos. Foi o primeiro atleta a passar a marca dos 6 metros, em 1985 e mais tarde, em 1991, chega aos 6.10 metros. Estes recordes foram sendo batidos recorrentemente e centímetro a centímetro. Isto porque cada quebra de recorde dava um prémio monetário ao ucraniano.

Em 2001, Bubka termina a carreira depois de várias lesões que o foram afectando ao longo dos últimos anos e que o impediram de continuar num nível alto. Ainda enquanto atleta, já era membro da comissão de atletas em 1996, só saindo em 2011 e depois de se retirar tornou-se numa das principais figuras dirigentes do atletismo. Presidente do comité olímpico ucraniano desde 2005, Sergey Bubka também é membro do Comité Olímpico Internacional e Vice-Presidente da Associação Internacional de Atletas Federados, órgão máximo do atletismo mundial, desde 2011 e onde se mantém até aos dias de hoje.

275 Visualizações 2 Total
275 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo