Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

 

Federação Cinológica Internacional (FCI)

A Federação Cinológica Internacional (FCI) é a organização canina mundial (…)

Federação Cinológica Internacional (FCI)

A Federação Cinológica Internacional (FCI) (Fédération Cynologique Internationale) é a organização canina mundial.

Sediada na cidade de Thuin na Bélgica, a FCI conta atualmente com 95 países membros e parceiros,  reconhecendo um total de 344 raças de cães, sendo cada uma delas a “propriedade” de um país específico. Cada uma dessas raças possui um standard (ou padrão) estabelecido pelo país “proprietário” e aprovado pela FCI.

Os objetivos principais da Federação Cinológica Internacional (FCI) são o reconhecimento e a divulgação a nível internacional das raças caninas e a promoção da criação de raças puras com base em regras previamente estabelecidas de forma a assegurar a sua boa saúde e aspeto morfológico.

Os membros da FCI são Organizações Caninas Nacionais (OCN), sendo que cada país é representado por uma única OCN. Além do mais, a FCI possui acordos com o Kennel Club (Reino Unido), o American Kennel Club (EUA) e o Canadian Kennel Club (Canadá) garantido o seu reconhecimento mútuo.

Génese

A Federação Cinológica Internacional (FCI) foi criada no decorrer do Congresso Cinológico de Paris a 22 de Maio de 1911. Foram 5 os países fundadores, cada qual representado pela OCN respetiva:

– Alemanha (Kartell für das Deutsche Hundewesen y Die Delegierten-Commission)

– Áustria (Österreichischer Kynologenverband)

– Bélgica (Société Royale Saint-Hubert)

França (Société Centrale Canine de France)

– Países-Baixos (Raad van Beheer op Kynologisch Gebied in Nederland)

Foram decididos, nessa altura, princípios ainda em vigor atualmente, nomeadamente os estatutos da FCI e o reconhecimento mútuo dos afixos (nomes que identificam os criadores) pelos membros da FCI.

No entanto, o despoletar da Primeira Guerra Mundial pôs fim à recém criada federação.

A sua reconstituição só se deu em 1921, por iniciativa da Bélgica e da França. Juntaram-se rapidamente os Países-Baixos, a Espanha (Real Sociedad  Canina en España) e a Itália (Ente Nazionale della Cinofilia Italiana).

Desde então, a FCI cresceu em número, sendo constituída atualmente por membros vindos dos 5 continentes.   

Estrutura e funções

Assembleia Geral – É o órgão supremo e legislativo da FCI. É constituída pelos membros de pleno direito e reúne-se a cada dois anos sob a direção do Presidente. A competências principais da Assembleia são a aprovação dos relatórios e planos de atividades, a admissão ou exclusão de membros após pedido prévio do Comité Geral, a constituição de comissões e o reconhecimento de novas raças a título definitivo assim com a aprovação dos standards respetivos.

Comité Geral – É o órgão executivo da FCI.  As suas competências principais são a implementação das decisões da Assembleia Geral, a aprovação a título provisório de novas raças e dos seus respetivos standards, a aprovação das modificações nos standards das raças e atribuição de tarefas às comissões.

Comissões – São os órgãos consultivos da FCI.  

As comissões obrigatórias são duas, a Comissão Científica e a Comissão de Standards, responsáveis respetivamente pelos aspetos da saúde na criação de cães e pelo reconhecimento das raças caninas e seus respetivos standards.

As comissões facultativas são 21. Cada membro e parceiro contratual designa as comissões facultativas nas quais deseja ter um representante.

Secretariado-Geral – É responsável pelo trabalho administrativo. As suas atividades principais são o processamento dos resultados das exposições de beleza e concursos internacionais e atribuição dos respetivos certificados, a proteção dos afixos a nível internacional e a atualização, tradução e publicação dos standards e dos regulamentos nos 4 idiomas oficiais da FCI (inglês, francês, alemão e espanhol).

589 Visualizações 2 Total

References:

  • Cpc.pt. (2017). Clube Português de Canicultura. [online] Available at: http://www.cpc.pt/ [Accessed 15 Dec. 2017].
  • Fci.be. (2017). Fédération Cynologique Internationale. [online] Available at: http://www.fci.be/en/ [Accessed 15 Dec. 2017].
  • Hedhammar, Å. and Indrebø, A. (2011). Rules, regulations, strategies and activities within the Fédération Cynologique Internationale (FCI) to promote canine genetic health. The Veterinary Journal, 189(2), pp.141-146.
589 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo