Argentinossauro

Apresentação do Argentinossauro; características físicas e anatómicas; período em que viveu; território onde foram encontrados fósseis e outros vestígios da sua presença…

Apresentação do Argentinossauro

O Argentinossauro foi um dinossauro herbívoro saurópode de grandes dimensões que viveu no território que é hoje a América do Sul e provavelmente noutras regiões do hemisfério sul, há cerca de 90 milhões de anos, durante o período do Cretáceo tardio. Os primeiros fósseis foram encontrados em 1987 por um agricultor na Argentina, daí o seu nome, formado a partir do latim Argentinosaurus, que em português significa ‘lagarto da Argentina’.Argentinossauro

Com um comprimento estimado de 35 metros, uma altura de 20 metros e um peso em torno das 70 toneladas, é considerado como o maior animal terrestre alguma vez existente. Tal todos os saurópodes, o Argentinossauro era quadrúpede, caminhando sobre quatro patas extremamente robustas para suportar o seu enorme peso.

Apesar do reduzido número de fósseis conhecidos, sabe-se que a sua dieta seriam sobretudo folhas de árvores, contando para isso com um pescoço gigantesco para chegar à copa das árvores mais altas e uma dentição preparada para triturar até as folhas e ramos mais duros.

Argentinossauro-mapa

Argentinossauro-regua

Taxonomia: Dinosauria, Saurischia, Sauropodomorpha, Sauropoda, Eusauropoda, Neosauropoda, Macronaria, Camarasauromorpha, Titanosauriformes, Titanosauria

22 Visualizações 1 Total
22 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo