Virulência

Apresentação do conceito de Virulência. Apresentação dos fatores de virulência: fatores de virulência em bactérias; fatores de virulência em fungos…

Grau de patogenicidade de um agente biológico, indicado pela severidade da doença provocada e dependente da capacidade de invadir e de provocar danos nas células hospedeiras. Trata-se de um processo multifatorial que depende do agente, do hospedeiro e da interação entre o hospedeiro e o agente.

Fatores de virulência são fatores que ajudam o agente biológico a invadir, causar doença e escapar às defesas naturais do organismo hospedeiro.

Fatores de virulência em bactérias:

  • Adesão

A adesão das bactérias às células do hospedeiro é mediada por adesinas que são macromoléculas associadas à parede ou a estruturas extracelulares de microrganismos com capacidade para estabelecerem interações específicas com carbohidratos das superfícies recetoras

  • Invasão

De acordo com o mecanismo de invasão as bactérias podem ser classificadas em diversas categorias: intracelular facultativo, intracelular obrigatório ou predominantemente extracelular.

  • Cápsula

Camada formada por polissacáridos ou proteínas que rodeia a parede bacteriana e que a protege de desidratação, fagocitose e infeção por bacteriófagos.

  • Endotoxinas

Lipopolissacáridos da membrana externa de bactérias gram negativas.

  • Exotoxinas

Proteínas de baixo peso molecular segregadas por bactérias gram positivas e gram negativas, tais como citotoxinas, neurotoxinas e enterotoxinas.

  • Sideróferos

Moléculas produzidas por bactérias que auxiliam a captura de ferro)

As bactérias possuem ainda vários mecanismos moleculares de virulência, mediados por genes de virulência (DNA cromossómico, plasmídeos, bacteriófagos, e transposões).

Fatores de virulência em fungos:

Os fungos raramente causam doença em indivíduos saudáveis. São habitualmente comensais e desencadeiam doença em estados de imunodiminuição.

  • Colonização

Capacidade de adesão.

  • Invasão

Produção de enzimas hidrolíticas (ex.: queratinase e protesases).

Alguns fungos podem ainda exibir dimorfismo (ex.: Candida, Histoplasma)

  • Adaptação e Propagação

Capacidade de sobreviver em tecidos e superar as defesas do organismo hospedeiro.

792 Visualizações 1 Total
792 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter