Tubulina

Conceito de Tubulina

A tubulina é uma proteína globular com um peso molecular aproximadamente de 55 kDa e é encontrada em quase todas as células eucariotas. Existem 5 tipos de tubulina, designados por α-tubulina, β-tubulina, γ- tubulina, δ-tubulina e ε-tubulina, mas a α- e a β-tubulina são de longe as formas de tubulina mais comuns. A tubulina é a subunidade que compõe os microtúbulos que, por sua vez, constituem uma parte integrante do citosqueleto com funções essenciais no transporte de componentes celulares dentro da célula e na própria divisão celular.

O conjunto de uma unidade de α-tubulina e outra unidade de β-tubulina forma um heterodímero. Este dímero é o monómero que compõe os microtúbulos. Os dímeros de tubulina, através da hidrólise de moléculas de guanosina trifosfato (GTP), se polimerizam formando os microtúbulos, ou seja, polímeros cilíndricos e ocos com um diâmetro de 25 nm. A polimerização dos microtúbulos é dinâmica e polarizada, isto é, uma das duas extremidades dos microtúbulos, a extremidade mais, polimeriza-se mais rapidamente.

Algumas drogas como a colchicina ou a placlitaxel actuam sobre a tubulina, afectando a estrutura dos microtúbulos. A colchicina inibe a polimerização dos microtúbulos e a placlitaxel, pelo contrário, impede a despolimerização dos microtúbulos ao estabilizar o polímero que constitui o microtúbulo.

A γ- tubulina parece ser um componente essencial na nucleação dos microtúbulos, ou seja, na síntese de novo dos microtúbulos e é encontrado nos polos dos fusos mitóticos e nos centrossomas. A δ-tubulina é encontrada em associação com os centríolos, enquanto que a ε-tubulina se localiza no material pericentriolar e parece ser necessário para a duplicação dos centríolos.

1919 Visualizações 1 Total
1919 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo