Tetrápode (Conceito, Definição, Significado, O que é)

Definição de tetrápode. Características gerais de anfíbios, répteis, aves e mamíferos: O grupo dos tetrápodes inclui animais essencialmente terrestres que…

O que são Tetrapódes

O grupo dos tetrápodes inclui animais essencialmente terrestres que possuem quatro membros. Aliás, ‘tetrápode’ significa, precisamente, ‘com quatro membros’. Dentro deste grupo de organismos encontramos os anfíbios, os répteis, as aves e os mamíferos.Tetrapodes

Características gerais dos anfíbios

Os anfíbios são animais que tanto ocorrem em habitats terrestres como aquáticos. Esta característica dá o nome ao grupo, já que, ‘anfíbio’ significa ‘com duas formas de vida’. No entanto, os anfíbios necessitam de ter a pele permanentemente húmida (a pele dos anfíbios é húmida e viscosa, e possui glândulas), já que, são descendentes próximos de organismos adaptados a ambientes aquáticos. Os anfíbios estão ainda dependentes da água para fazerem a respiração cutânea ou para a reprodução. Porém, possuem já pulmões para efectuarem as trocas gasosas através do ar. Nas primeiras fases do desenvolvimento, os anfíbios possuem também brânquias ou guelras para respirarem. Note-se que o desenvolvimento larvar ocorre dentro dos cursos de água.

São, geralmente, ovíparos com desenvolvimento por metamorfoses. A fecundação pode ser interna ou externa, dependendo do grupo, e cada indivíduo ou é macho ou é fêmea. Os anfíbios possuem dois côndilos occipitais na região da crânio.

São organismos ectotérmicos, já que, não efectuam uma termorregulação independente da temperatura do meio ambiente. O sistema cardiovascular é caracterizado pela ocorrência de um coração com três cavidades, duas aurículas e um ventrículo. Note-se que ocorre já neste grupo, uma evolução de um coração com duas cavidades como nos peixes, para um coração com três cavidades.

Características gerais dos répteis

Os répteis são animais terrestres que, contrariamente aos anfíbios, possuem uma pele seca e com ocorrência de poucas glândulas. A pele é revestida por diversas escamas de natureza córnea, com origem epidérmica.

Neste grupo, a respiração é efectuada unicamente através dos pulmões. Tal como nos anfíbios, o coração apresenta-se dividido em três cavidades, no entanto, existe um septo incompleto a dividir o ventrículo. Note-se que os crocodilos possuem já um coração com quatro cavidades (duas aurículas e dois ventrículos).

A temperatura corporal varia de acordo com a temperatura do ambiente exterior e os sexos são separados. A partir destes organismos a fecundação é somente interna e o desenvolvimento é directo, ou seja, não ocorre metamorfose. Os indivíduos são ovíparos e os ovos possuem casca.

Contrariamente aos anfíbios, os répteis já possuem costelas e têm apenas um côndilo occipital no crânio.

Características gerais das aves

As aves distinguem-se dos restantes tetrápodes principalmente pela presença de penas com origem epidérmica a revestir o corpo. A respiração também é efectuada através dos pulmões e o coração apresenta já as quatro cavidades completas (duas aurículas e dois ventrículos). Além desta inovação, as aves são animais endotérmicos, ou seja, efectuam uma termorregulação independente da temperatura do meio ambiente externo.

Tal como nos répteis, a fecundação é interna, os ovos possuem uma casca, e os sexos ocorrem em indivíduos distintos. O desenvolvimento dos juvenis é directo, não havendo a ocorrência de metamorfoses.

Os membros anteriores das aves são asas que permitem o voo. As aves não possuem dentes, contrariamente aos restantes tetrápodes. As maxilas são recobertas pelo bico, possuem apenas um côndilo occipital na base do crânio e costelas.

Características gerais dos mamíferos

Os mamíferos possuem diversas características que são exclusivas apenas dos elementos do seu grupo. Entre estas características encontra-se, a ocorrência de pêlo; presença de glândulas mamárias, sudoríparas, sebáceas e odoríferas; alimentação das crias através do leite materno; dentição com diferenciação de dentes caninos, incisivos e molares; encéfalo bastante desenvolvido; presença de diafragma a separar a caixa torácica do abdómen; e a ocorrência de placenta, sendo que, a maioria dos mamíferos são vivíparos e a fecundação é interna.

A respiração nos mamíferos também é efectuada exclusivamente através dos pulmões, que são extremamente eficientes e bem adaptados a efectuar as trocas gasosas. Os glóbulos vermelhos não têm núcleo e possuem um formato bicôncavo.

Tal como nas aves, o coração dos mamíferos possui também as quatro cavidades completas. Possuem dois côndilos occipitais na base do crânio, os sexos ocorrem em indivíduos distintos e o desenvolvimento das crias é directo.

2397 Visualizações 3 Total

References:

Kardong, Kenneth. (2006). Vertebrates – Comparative Anatomy, Function, Evolution. 4th Edition. McGraw-Hill.

2397 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.