Neurónio

Os neurónios são células do sistema nervoso que comunicam entre si e são responsáveis pela transmissão de impulsos nervosos. São células altamente especializadas, que não se dividem mas onde, por outro lado, o processo de síntese proteica é significativo. É através deste processo que os neurónios produzem neurotransmissores, substâncias que participam nas transmissões de impulsos entre neurónios (também designadas sinapses). Cada neurónio contacta com neurónios vizinhos, formando-se assim uma rede de transmissão de informação.

Principais características

A transmissão de impulsos nervosos é um fenómeno de origem elétrica, baseado no movimento de iões. Nas faces interior e exterior do neurónio existem diversos iões em diferentes concentrações e o seu movimento através da membrana é responsável pela excitação da célula e pela propagação do impulso nervoso. A membrana citoplasmática do neurónio é assim caracterizada por uma elevada excitabilidade (que pode facilmente ocorrer devido a estímulos físicos ou químicos). Quando o neurónio se encontra em repouso, os iões Na+ (sódio) e Cl (cloreto) encontram-se em maior quantidade no exterior e os iões K+ (potássio) são mais abundantes no interior da célula. O contacto de um neurotransmissor ou um estímulo ambiental (choques elétricos, alterações de temperatura, picadas, entre outros) provoca uma transferência de iões que se vai propagando através do neurónio e para os neurónios vizinhos. Aqui reside uma outra importante característica dos neurónios – a condutibilidade, necessária para que os impulsos se propaguem.

Morfologia e constituição

Num neurónio podem considerar-se diferentes partes:

– pericário ou corpo celular: parte geralmente central do neurónio, onde se encontra o núcleo e onde ocorre a síntese proteica;

– dendrites: prolongamentos pouco extensos e por vezes ramificados que se formam a partir do pericário e que recebem estímulos dos neurónios circundantes; cada neurónio pode ter um número variável de dendrites;

– axónio: prolongamento mais ou menos longo que pode apresentar algumas ramificações na sua extremidade, designadas telodendrites; em cada neurónio existe apenas um axónio, através do qual o impulso nervoso é transmitido desde o pericário até outro neurónio adjacente.

Muitos axónios encontram-se revestidos por uma substância denominada mielina, a qual funciona como isolante elétrico. A mielina contribui assim para uma condução de impulsos mais eficaz, pois evita que o impulso saia da via de transmissão em que se encontra. Este revestimento não é contínuo – ao longo dos axónios ocorrem pequenas interrupções do revestimento de mielina, os chamados nódulos de Ranvier.

Tipos de neurónios

De acordo com a sua função, podem considerar-se os seguintes tipos de neurónios:

– sensitivos ou aferentes: conduzem as mensagens desde os órgãos sensoriais até ao sistema nervoso central, que processa a informação e determina a reação do organismo ao estímulo recebido;

– interneurónios: localizados no sistema nervoso central, recebem a informação dos neurónios sensitivos e enviam informação aos neurónios motores;

– motores ou aferentes: transmitem a informação desde o sistema nervoso central até aos órgãos que irão reagir ao impulso.

Os neurónios podem também ser classificados segundo a sua estrutura morfológica:

– neurónios unipolares: possuem corpo celular e um axónio, não apresentando dendrites;

– neurónios bipolares: constituídos por corpo celular, um axónio e uma dendrite;

– neurónios multipolares: apresentam corpo celular, um axónio e várias dendrites;

– neurónios pseudounipolares: têm corpo celular e apenas um prolongamento celular, que numa parte funciona como dendrite e noutra parte funciona como axónio.

1066 Visualizações 6 Total

References:

– Azevedo, C (1999). Biologia Celular e Molecular. 3rd ed. Portugal: Lidel.

– Reis, M.C. A unidade básica do Sistema Nervoso: o neurónio. Disponível: http://naturlink.pt/article.aspx?menuid=23&cid=4309&bl=1§ion=2&viewall=true#Go_2. Acedido 31/01/2016.

Células do TN – Neurônios. Disponível:http://www.icb.usp.br/mol/9-2-neuronios1.html. Acedido 31/01/2016

1066 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter