Mero

O mero é um peixe ósseo que habita zonas costeiras e rochosas e que ocorre em zonas como o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico, surgindo com frequência nas regiões dos arquipélagos da Madeira e dos Açores. São peixes de grande porte e hábitos solitários. Existem várias espécies de mero, animal que se alimenta de peixes, cefalópodes e crustáceos.

Pouco apreciado até recentemente, o mero tem vindo a ser cada vez mais procurado para alimentação humana.

Géneros e reprodução

Trata-se de um peixe hermafrodita protogínico, o que significa que inicialmente os indivíduos são fêmeas, transformando-se mais tarde em machos. De uma forma geral, esta transformação ocorre aproximadamente entre os 8 e os 10 anos de vida. No entanto, ela não é determinada pela idade do indivíduo, mas sim pelas características da população. A transformação de meros fêmeas em machos acontece apenas quando existe um elevado número de fêmeas juvenis, o que exerce uma pressão populacional nas fêmeas mais desenvolvidas, que se convertem em machos. A presença de fêmeas juvenis em quantidade é um indicador de renovação da população e da necessidade da presença de machos na população para assegurar a reprodução. Esta reprodução, por sua vez, vai permitir a continuação da renovação da população. Trata-se assim de um ciclo que pode sofrer perturbações por diversos motivos – caso a população de juvenis diminua, não ocorre a pressão populacional que leva ao aparecimento de machos, o que por sua vez faz com que não ocorra a reprodução necessária, podendo a renovação da população ficar em risco.

Conservação

O mero é considerado uma espécie ameaçada. As suas populações sofreram reduções significativas, principalmente devido à pesca excessiva e de indivíduos juvenis. Atualmente estão em vigor medidas de conservação tais como a proibição de captura de meros através de caça submarina ou a implementação de medidas de proteção em zonas de reprodução e crescimento.

 

Referências bibliográficas

– Barreiros, J. P. Notas sobre o Mero nos Açores. Disponível: http://www.horta.uac.pt/projectos/Saber/200304/Meros.htm. Acedido 16-08-2015.

– LEANDRO, P.; GIL, F.; INÁCIO, A. (2009). Guia – Aquário Vasco da Gama. Oeiras: Aquário Vasco da Gama.

551 Visualizações 1 Total
551 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.