Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Magnoliopsida, classe

Descrição da classe Magnoliopsida, as suas principais características, os locais onde pode ser encontrada, assim como algumas utilizações…

Magnoliopsida – Descrição da classe

classe magnoliopsida

classe magnoliopsida

Magnoliopsida é a designação de uma classe de angiospérmicas, isto é, de plantas com flor. Este termo é utilizado muitas vezes como sinonimo de dicotiledónea, dependendo do sistema de classificação utilizados. Esta classe encontra-se associada às dicotiledóneas, sendo por isso uma designação muito inclusiva, que varia consoante a classificação utilizada.

Esta classe divide-se em 6 subclasses sendo o clado magnoliids uma delas. Esta classe não se encontra definida no sistema APG, visto este sistema não classificar os espécimes acima da ordem.

A classe Magnoliopsida reúne mais de 250000 espécies, tornando-o num dos maiores e mais diversos grupos de plantas com flor, no entanto, este grupo não é considerado monofilético, não sendo por isso reconhecido como um grupo filogenético natural.

A designação Magnoliopsida vem da relação que os membros desta classe possuem com o género Magnolia, pois estas apresentam características que as tornam semelhantes.

Características:

 

 Magnoliopsida
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
 Plantae Magnilophyta Magnoliopsida

 

Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Necessidades Nutricionais
 Longevidade
 Cosmopolita  –  climas tropicais ou temperados quentes nenhuma especifica a todos os seus membros

 

Características Físicas
Anatómicas  Os seus membros possuem uma grande variedade de características
Tamanho  varia com a espécie
 nível taxonómico muito elevado que converge em si uma grande diversidade de características

 

A classe é um nível taxonómico muito elevado que converge em si uma grande diversidade de características morfológicas como características genéticas. Esta grande abrangência permite unir em si um grande número de ordens, no entanto, estes indivíduos possuíram caracteres muito diferentes entre si, sendo difícil encontrar as propriedades que são comuns a todos os seus membros.

Assim sendo, seguem algumas das características associadas a esta classe, podendo existir diversos membros desta classe que não as possuem todas.

A maioria dos indivíduos pertencentes a classe Magnoliopsida possui um porte arbóreo ou arbustivo, com presença de lenhina e crescimento secundário.

Além de árvores e arbusto, estes indivíduos também podem ser herbáceas, lianas, epífitas, aquáticas e parasitas entre outras. Muitos destes indivíduos são anuais ou bianuais, podendo por isso ser caducifólios ou perenes, consoante as espécies. A sua dimensão pode variar de alguns centímetros até vários metros de altura.

Os embriões pertencentes a esta classe possuem pelo menos dois cotilédones, o que os torna dicotiledóneas. O seu sistema radicular é composto por uma raiz principal, podendo ser acompanhada por um conjunto de raízes adventícias.

As suas folhas são geralmente simples, com forma pinada ou palmada, segundo a espécie, apresentando geralmente uma venação paralela. No entanto, nem sempre surgem folhas com estas características.

A corola é formada por um número definido de partes, geralmente os membros do perianto surgem em número de 5, podendo ocorrer variações desse número.

As pétalas podem ser distintas ou indistintas das sépalas, surgindo numa grande gama de colorações, como forma de atrair os insetos polinizadores. O odor podem também estar presente, normalmente adocicado, muitas vezes característico da espécie.

O pólen destes indivíduos apresenta 3 poros, com exceção de algumas famílias mais primitivas. O formato e o tipo de frutos produzido variam consoante o género e a espécie.

Distribuição:

Os membros desta classe terão começado a surgir há cerca de 130 milhões de anos, tendo passado a dominar a superfície do planeta há pouco mais de 90 milhões de anos, segundo os registos fósseis encontrados.

Esta classe encontra-se num grupo diverso de habitats, devido à grande variedade que a constitui. Os habitats preferidos correspondem a climas tropicais ou temperados quentes, preferencialmente em ambientes húmidos e quentes. No entanto, é possível encontrar membros desta classe em todos os continentes.

Utilizações:

Esta classe possui uma grande variedade de indivíduos utilizados para os mais variados fins. Alguns membros da classe Magnoliopsida são utilizados como espécies ornamentais, tanto em jardins privados como em jardins públicos.

Outros membros desta classe apresentam interesse económico pois permitem a extração de substâncias que são utilizadas na produção de medicamentos, ou diretamente no tratamento de doenças.

Mais algumas das importâncias económicas desta classe, correspondem à utilização de espécies para a obtenção de madeira para a produção de artesanato ou na construção civil.

Certas espécies são muito apreciadas pela produção de fruta que pode ser consumida de inúmeras formas, assim como de outras partes das plantas, como as folhas ou as raízes.

2150 Visualizações 1 Total

References:

WoRMS (2016). Magnoliopsida. World Register of Marine Species Consultado em: Maio 31, 2017, em http://www.marinespecies.org/aphia.php?p=taxdetails&id=182757

Holt, Jack R.. (2014). Class Magnoliopsida (Brongniart 1843). Diversity of Life. Consultado em: Maio 31, 2017, em http://comenius.susqu.edu/biol/202/archaeplastida/viridiplantae/flowering%20plants/magnoliopsida/default.htm

Reddy, Chintala Sudhakar; Pattanaik, Chiranjibi; Reddy, Kamasani Narsimha (2009). Magnoliopsida, Gamopetalae, Gentianales, Asclepiadaceae, Heterostemma deccanense (Talb.) Swarup & Mangaly: Distribution, extension and geographic distribution map. NOTES ON GEOGRAPHIC DISTRIBUTION. Check List 5(3): 468–470. ISSN: 1809-127X

2150 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.