Haliaeetus albicilla (Águia-rabalva)

A Águia-rabalva é uma ave de rapina de grandes dimensões pertencente à ordem dos Accipitriformes.

Apresentação de Haliaeetus albicilla (Águia-rabalva)

 

Haliaeetus albicilla (Águia-rabalva)
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
Animalia Chordata Aves Accipitriformes Accipitridae Haliaeetus H. albicilla

 

Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Dieta Predação  Longevidade
Principais populações: Balcãs; Noruega; Da Gronelândia à Dinamarca; Suécia; Polónia e Alemanha. Pouco preocupante. Regiões marinhas e turfeiras. Peixe e carne morta. Principais ameaças: Perda e degradação do habitat, como as zonas húmidas; Poluição; Caça; Envenenamento e colisão com geradores de energia eólica.

 

Características Físicas
Anatómicas Coroa castanho-amarelada. Parte superior e uropígio castanho-escuros. Garganta castanho-escura, peito malhado e abdómen castanho. Patas de comprimento médio e amarelas. Bico proeminente e amarelo, em forma de gancho.
Dimorfismo Sexual Fêmeas ligeiramente maiores e mais pesadas do que os machos.
Tamanho 69-91 cm.
Peso Macho: 3,8-4,2 kg.; Fêmea: 4-6 kg.

 

A Águia-rabalva é uma ave de rapina (tal como o Açor ou o Quebra-osso) pertencente à ordem dos Accipitriformes. É um animal robusto, de grandes dimensões, com uma grande cabeça clara, bico amarelo em forma de gancho e asas largas, rectangulares.

Características físicas

Os adultos exibem uma coloração castanho-escura e cauda branca (caractere identificativo desta espécie) com formato de cunha. A cauda dos juvenis, pelo contrário, é escura ou pode apresentar, dependendo da etapa do crescimento, algumas pontuações em branco.

Eagle_In_Flight_2004-09-01

Haliaeetus albicilla em voo.

Comportamento

A Águia-rabalva pode atingir grandes altitudes em voo, planando. Efectua também um voo picado e pode pousar em campo aberto. Executa levantamento tanto a partir do solo como de zonas cobertas por vegetação. É um animal solitário que, habitualmente, não se organiza em grupo com outros indivíduos da mesma espécie.

Na altura da reprodução, constrói os seus ninhos com muitos ramos em estruturas como árvores ou penhascos. Efectua uma postura entre os meses de Março e Maio, colocando dois ovos brancos. O período de incubação tem a duração de 34 a 45 dias. As crias nascem muito dependentes de cuidados parentais e efectuam o seu primeiro voo aos 70 dias de vida.

505 Visualizações 1 Total

References:

  • Gooders, John. (2003). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Temas e debates, 4ª Edição.
  • Bruun, Bertel. (1993). Aves de Portugal e Europa. FAPAS.
  • on-line: BirdLife International. 2015. Haliaeetus albicilla. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T22695137A80155303. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2015-4.RLTS.T22695137A80155303.en. Downloaded on 19 January 2016.
505 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo