Ejaculação

Conceito de Ejaculação: A ejaculação corresponde à expulsa do líquido seminal pela uretra para o exterior. Esse líquido é constituído pelas secreções das glândulas…

Conceito de Ejaculação

A ejaculação corresponde à expulsa do líquido seminal pela uretra para o exterior. Esse líquido é constituído pelas secreções das glândulas anexas (vesicula seminal, próstata e glândulas bulbouretrais) e pelos espermatozóides. Este processo é essencial para a deposição dos espermatozoides no colo do útero, que depois percorrem o caminho até ao local onde se encontra o ovócito pronto a ser fecundado.

A ejaculação envolve a ereção do pénis. Este é um reflexo medular parassimpático, durante o qual ocorre a estimulação de mecanorrecetores presentes na glande do pénis. Essa estimulação provoca a produção de mucos pelas glândulas bulbouretrais e pelas glândulas uretrais, resultando na lubrificação do pénis, e também a dilatação das arteríolas penianas, o que permite uma maior circulação de sangue, levando à ereção.

A ejaculação pode ser dividida em duas fases:

  • Fase de emissão – é um reflexo medular simpático que envolve a estimulação dos recetores na glande do pénis, o que desencadeia impulsos simpáticos para o músculo liso da próstata, dos canais deferentes, do ducto ejaculador e das vesículas seminais. Esses impulsos resultam na contração do músculo e no esvaziamento do líquido seminal na uretra;
  • Fase de expulsão – é um reflexo somático, ou seja, é um reflexo motor. Depois do líquido seminal passar para a uretra, ocorre uma série de impulsos (através de nervos motores) para o músculo-esquelético da base do pénis, o que resulta na contração do músculo da base do pénis e na expulsão do líquido seminal para o exterior.
323 Visualizações 1 Total
323 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo