Edema

Refere-se ao acúmulo anormal de líquido intersticial nos tecidos e nas cavidades corporais, como na cavidade pericárdica – hidropericárdico ou na cavidade peritoneal (ascite e nas articulações) e na cavidade pleural – hidrotórax.

Tipos de edema

Localizado – Envolve qualquer órgão ou tecido. Designa-se conforme a zona onde o edema aparece. Por exemplo, os edemas podem formar-se no Cérebro, nos Pulmões, na Cavidade Abdominal, no caso de Ascite e na Cavidade Pleural, no Hidrotorax.

Generalizado – Engloba o organismo na sua totalidade. Verifica-se sobretudo quando há retenção de líquido superior a 3 litros, como acontece nos casos de Anasarca.

Anasarca – edema grave que se carateriza por um inchaço dos tecidos subcutâneos e acúmulo de fluido nas cavidades corporais de modo geral. A entrada e saída de líquidos dos tecidos capilares acontece devido à pressão hidrostática que é exercida pelo sangue sobre a parede do vaso e a pressão coloidostómica do plasma que, por sua vez, é exercida pelas proteínas plasmáticas sobre a água.

Na extremidade arterial predomina a pressão hidrostática e na extremidade venosa a pressão coloidostómica é predominante.

Os vasos linfáticos fazem a drenagem do líquido perdido pela extremidade venosa e pela extremidade arterial. A água da solvatação da matriz extra celular forma o remanescente.

 

212 Visualizações 2 Total

References:

http://www.fisfar.ufc.br/petmedicina/images/stories/edema.pdf

 

https://www.estudaetal.com/thebox/theboxficheiros/7697ca1b705d452130e79da3c2c9d4072923

212 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo