Diplófase

Diplófase é a fase do ciclo de vida de um organismo caracterizada pela ocorrência de células com dois conjuntos de cromossomas.

A diplófase caracteriza o estado em que uma célula possui dois conjuntos de cromossomas. Nestas células cada cromossoma possui um outro cromossoma parceiro (cromossomas homólogos) e cada gene constituinte de cada um dos cromossomas tem um gene correspondente no seu par. Esses genes podem ser semelhantes ou diferentes, ou seja, o código genético de cada gene pode ser exactamente igual ou pode haver uma ou mais mutações entre os dois genes. Quando os dois genes dos dois cromossomas homólogos são diferentes diz-se que aquele gene possui duas formas alélicas (dois alelos ou duas variantes do mesmo gene).

Como sugere o termo, ‘diplófase’ ou ‘fase diplóide’ é uma fase na vida de um organismo. Isto significa que há uma outra fase do ciclo de vida que não é caracterizada pela ocorrência de células com dois conjuntos de cromossomas (célula diplóide, com 2n cromossomas). Ao longo do ciclo de vida, os organismos diplóides possuem também células com apenas um conjunto de cromossomas (células haplóides, com n cromossomas). Esta é a característica da haplófase ou fase haplóide do ciclo de vida.

Em grande parte das espécies animais como o Homem, a diplófase é a fase dominante do ciclo de vida porque corresponde às células somáticas do individuo maduro. Neste tipo de organismos, somente as células sexuais ou gâmetas (espermatozóides e óvulos) exibem apenas um conjunto de cromossomas (células haplóides).

Noutro tipo de organismos como as briófitas, por exemplo, a fase haplóide é aquela que domina o ciclo de vida. Neste tipo de organismos a estrutura diplóide (2n) onde se formam os esporos (n) é temporária e dependente da estrutura haplóide (gametófito) do ponto de vista trófico.

Note-se que, existem ainda organismos que possuem células com mais do que dois conjuntos de cromossomas. São organismos poliplóides (Xn) e, frequentemente, correspondem a espécies de plantas. Estas plantas podem ter células com 3, 4 ou mais conjuntos de cromossomas. A condição de poliploidia é muito rara nos animais.

843 Visualizações 1 Total

References:

  • Mark Jobling, Edward Hollox, Matthew Hurles, Toomas Kivisild, Chris Tyler-Smith. (2013) . Human Evolutionary Genetics. Garland Science.
  • Leão, F. F., Cancellier, L. L., Vander Pereira, A., da Silva Ledo, F. J., & Afférri, F. S. (2012). Produção forrageira e composição bromatológica de combinações genômicas de capim-elefante e milheto. Revista Ciência Agronômica, 43(2), 368-375.
843 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo