Dicotiledónea

As Dicotiledóneas são plantas pertencentes à classe Magnoliopsida e à divisão Magnoliophyta (angiospérmicas ou plantas com flor). Não constituem um grupo monofilético, ou seja, nem todos os seus representantes partilham o mesmo ancestral.

As Dicotiledóneas possuem algumas características particulares e extremamente importantes do ponto de vista evolutivo, que permitem distingui-las das Monocotiledóneas.

 

Características específicas das Dicotiledóneas:

 

– As sementes possuem dois cotilédones, ou folhas embrionárias;

– As peças florais (pétalas e sépalas, por exemplo) são em número de quatro ou cinco (ou múltiplos de quatro e cinco);

– A folha apresenta uma nervação reticulada (presença de uma nervura principal que se ramifica em várias nervuras secundárias);

– Raiz axial (com uma raiz principal que se ramifica);

– Presença de câmbio vascular. O câmbio vascular é um tecido meristemático (tecido composto por células não diferenciadas, com capacidade de efectuar proliferação celular). Estas células vão diferenciar-se em tecidos de vasos condutores de água e sais minerais (xilema), e em tecidos de vasos condutores de seiva elaborada (floema) que transportam aminoácidos e açúcar;

– Em determinados casos, há também a formação de um câmbio cortical. Este câmbio é um meristema secundário que, em algumas espécies, dá origem à periderme (substitui a epiderme em caules e raízes de plantas lenhosas);

– Os feixes vasculares do caule encontram-se dispostos em anel;

– O grão-de-pólen possui três poros.

 

 

Referências bibliográficas

Stern, K. R., Bidlack, J. E., Jansky, S., & Uno, G. (2006). Introductory plant biology. Boston: McGraw-Hill Higher Education.

2822 Visualizações 1 Total
2822 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo