Concentração Mínima Inibitória (MIC)

Apresentação do conceito de A Concentração Mínima Inibitória ou ‘Minimal Inhibitory Concentration – MIC’; Principais métodos de determinação…

A Concentração Mínima Inibitória ou ‘Minimal Inhibitory Concentration – MIC’, consiste na concentração de agente antimicrobiano a partir da qual não se verifica crescimento celular, ou se verifica apenas 20% (MIC80) ou 50% (MIC50) do crescimento.

Principais métodos de determinação:

Norma CLSI

  • Macrodiluição (determinação da percentagem de inibição);
  • Microdiluição.

Testes rápidos

  • E-test;
  • Difusão em disco (o diâmetro da região de inibição é proporcional ao MIC)

O resultados da interpretação dos MIC permite aferir se os microrganismos são suscetíveis (S) ou resistentes (R) a um determinado agente antimicrobiano.

De acordo com os ‘breakpoints‘, valores de corte para a suscetibilidade a antimicrobianos são definidos anualmente com base em:

  • Formulações de antimicrobianos;
  • Farmacocinética (pK);
  • Mecanismos de resistência;
  • MIC;
  • Dados epidemiológicos.

Para obter informação detalhada acerca da suscetibilidade de determinado microrganismo a agentes antimicrobianos (antibacterianos e/ou antifúngicos), pode consultar:

Esta plataforma é organizada por: European Society for Clinical Microbiology and Infectious Diseases (ESCMID), European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC) e committees nacionais ativos na Europa.

 

1123 Visualizações 5 Total
1123 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter