Banco de Sementes

Conceito de Banco de Sementes, do ponto de vista da Biologia, as suas utilizações e exemplos em Portugal e no Mundo (…)

Conceito de Banco de Sementes:

Banco de sementes trata-se de uma colecção de sementes conservadas, a longo prazo, com o intuito de preservar as espécies vegetais para utilizações futuras. Estas colecções podem centrar-se em espécies em risco de extinção, em espécies endémicas ou numa generalidade de espécies vegetais. Trata-se de um exemplo de um banco de Germoplasma.

Estes bancos passam a corresponder a uma fonte do património genético de milhares de espécies, ao qual pode-se recorrer sempre que seja necessário fazer o repovoamento de uma população vegetal. Este tipo de iniciativas favorece a conservação ex-situ destas espécies, sendo mesmo considerado um método de conservação simples e pouco dispendioso.

Estas sementes são normalmente conservadas em condições que dificultam a sua germinação, como a congelação ou ambientes sem a presença de oxigénio, ficando em estado de dormência até que sejam necessárias.

Apesar de um bom método de conservação, é essencial que não se descuide a protecção das espécies in sito, devendo este método, assim como outros dentro deste género, ser usado como medida preventiva e complementar a outras medidas de conservação.

Exemplo de bancos de sementes

Na aldeia de  Longyearbyen, perto do polo Norte, situa-se o Banco Mundial de Sementes criado com o intuito de preservar e proteger sementes contra os efeitos das alterações climáticas, assim como outras catástrofes. Deste modo passa a existir uma reserva de espécies que poderá ser acedida e cultivada em caso de necessidade. Este banco guarda espécies únicas de culturas muito importantes para a humanidade.

Em Portugal, diversas associações agrícolas estão a recolher sementes, como forma de preservar o património genético das diversas espécies autóctones que existem no país. Esta recolha consiste na preservação e disponibilização de sementes de espécies agrícolas típicas de cada região, posteriormente os agricultores que receberam a sementes da associação deverão entregar uma parte das suas culturas, favorecendo assim a manutenção do património genético e a viabilidade das sementes.

Um banco de sementes pode ser também usado de forma comercial. Neste caso seria um local onde são preservadas sementes que podem ser adquiridas, por um valor monetário, por membro do público para a realização do seu cultivo.

BSS (Banco de sementes do solo)

Outra definição para banco de sementes é o conjunto de sementes não germinadas que se encontram nas camadas mais superficiais do solo, normalmente denominado de Banco de sementes do solo (BSS). A formação deste banco deve-se aos processos de propagação e dispersão de sementes praticado por muitas espécies vegetais. As sementes são libertadas, caindo no solo, devido à falta de condições ambientais adequadas, estas não germinam, ficando em dormência até que se atinjam as condições necessárias à sua germinação.

O conhecimento desta reserva de sementes, presente em praticamente todos os espaços com um coberto vegetal, é essencial para entender os diferentes ciclos que ocorrem na vida das espécies vegetais, assim como para a criação de programas de preservação e recuperação dos ecossistemas florestais e agroflorestais.

Este conhecimento também permite perceber a sucessão ecológica secundaria, uma vez que as espécies que surgem ao logo desta sucessão derivam da germinação das sementes presentes no solo.

Palavras-chave:

Sementes

Conservação

Germinação

Agricultura

Património genético

527 Visualizações 3 Total

References:

Associação portuguesa de plantas carnívoras. Banco de Sementes. Consultado em: Junho 16, 2015, em http://www.appcarnivoras.org/site/node/13

Centro Regional de informação das Nações Unidas. ONU louva banco de sementes criado pela Noruega no Ártico para preservar espécies do mundo inteiro. Consultado em: Junho 16, 2015, em  http://www.unric.org/pt/actualidade/15621

Cerqueira, Nuno, (2013). Reserva de sementes do país guardada no Minho. Jornal de Noticias. Consultado em: Junho 16, 2015, em http://www.jn.pt/paginainicial/nacional/interior.aspx?content_id=3062647

Instituto Nacional de Investigação agrária e veterinária. Banco de sementes do solo. Consultado em: Junho 16,2015, em http://www.iniav.pt/noticias/banco-de-sementes-do-solo

ICNF. Banco de sementes do Jardim Botânico da UL. Consultado em: Junho 16,2015, em http://www.icnf.pt/portal/naturaclas/patrinatur/especies/flora/banco-sement

Mairos, Olimpia (2013). Banco de sementes para futuras gerações. Radio Renascença. Consultado em: Junho 16, 2015, em http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=132047

527 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo