Aythya fuligula (Negrinha)

A negrinha (Aythya fuligula) é uma ave do tipo pato mergulhador, pertencente à ordem dos Anseriformes.

Caracterização de Aythya fuligula (Negrinha)

 

Aythya fuligula (Negrinha)
Reino Filo Classe Ordem Família Género Espécie
Animalia Chordata Aves Anseriformes Anatidae Aythya A. fuligula

 

Distrib. Geográfica Estatuto Conserv. Habitat Dieta Predação  Longevidade
Europa, África e Ásia. Invernante em Portugal (Outubro a Março). Pouco preocupante. Estuários e cursos de água doce. Invertebrados e vegetação aquática. Caça humana. Falcão, raposa, mapache e cágado. 15 anos.

 

Características Físicas
Anatómicas Macho: Todo preto, com abdómen, peito e flancos brancos. Cauda preta, curta e arredondada. Crista presente. Patas curtas e pretas. Fêmea: Difere do macho por ser castanha e exibir uma crista mais pequena.
Dimorfismo Sexual Macho preto e branco e fêmea castanha. O macho é ligeiramente maior e mais pesado do que a fêmea.
Tamanho 41-45 cm.
Peso Aproximadamente, 800g. (macho) e 700g. (fêmea)

 

A negrinha (Aythya fuligula) é uma ave do tipo pato pertencente à ordem dos Anseriformes, tal como o pato-real ou o ganso-do-egipto. Trata-se de um pato mergulhador caracterizado por uma cabeça redonda e escura e pescoço curto.

Características físicas

Os machos exibem o peito, a cauda e a região dorsal completamente pretos, contrastando com a região ventral e flancos brancos. A cabeça apresenta ainda uma crista pendente na parte posterior e reflexos com tonalidades púrpuras. A fêmea apresenta uma tonalidade parda, mais ou menos uniforme, com listras mais claras nos flancos. A crista da fêmea é mais discreta que a do macho. O bico é cinzento em ambos os sexos mas, na fêmea, é possível observar que a região basal do bico é branca. Durante o voo, estes animais apresentam uma barra alar branca a acompanhar todo o comprimento da asa.

Comportamento

Esta espécie é gregária, podendo constituir populações com cerca de 2000 indivíduos. Durante o Inverno, este pato organiza-se em bandos, muitas vezes, acompanhados de populações de outra espécie de pato mergulhador, o zarro-comum.

A negrinha efectua mergulhos em busca de alimento, nomeadamente, de pequenos animais invertebrados. Nada e mergulha a partir da superfície, e pode levantar voo ou pousar tanto na água como no solo. Efectua um voo directo e forte. A vocalização nesta espécie é silenciosa.

Na época reprodutiva, esta espécie constrói os seus ninhos em cavidades abrigadas, junto aos cursos de água. Efectua uma postura anual entre os meses de Abril a Junho, e coloca entre 5 a 12 ovos de tonalidade esverdeada. O período de incubação tem a duração de cerca de 23 a 25 dias. As crias nascem cobertas de penugem e já activas. Efectuam o seu primeiro voo aproximadamente às 6 semanas de vida.

592 Visualizações 1 Total

References:

  • Gooders, John. (2003). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Temas e debates, 4ª Edição.
  • Bruun, Bertel. (1993). Aves de Portugal e Europa. FAPAS.
  • On-line: BirdLife International. 2015. Aythya fuligula. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T22680391A67187805. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2015-4.RLTS.T22680391A67187805.en. Downloaded on 20 February 2016.
  • On-line: Azzi, M. and R. Garrison 2012. “Aythya fuligula” (On-line), Animal Diversity Web. Accessed February 20, 2016 at http://animaldiversity.org/accounts/Aythya_fuligula/
  • On-line: http://www.avesdeportugal.info/aytful.html
592 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo