Ampola ambulacrária

As ampolas ambulacrárias são órgãos que fazem parte do sistema ambulacrário de um grupo de animais marinhos, os equinodermes, filo  Echinodermata (ouriços-do-mar, estrelas-do-mar). O sistema ambulacrário é um sistema constituído por uma rede de canais por onde circula a água e desempenha funções diversas, tais como a locomoção, a captação de alimentos e as trocas gasosas. A água do mar entra nesta rede de canais especializados através de poros existentes numa placa calcária que faz parte do esqueleto interno destes animais – a placa madrepórica. Esta placa em forma de disco contém inúmeros orifícios e permite a comunicação do sistema ambulacrário com o meio externo.

 

Circulação da água no sistema ambulacrário

A água entra no sistema ambulacrário pelos diversos orifícios da placa madrepórica. Ao entrar, a água circula por um canal – canal pétreo ou madrepórico –  que, por sua vez, comunica com o anel ambulacrário. Este anel rodeia o esófago do animal e dele partem cinco canais radiais (em forma de estrela). Cada canal radial prolonga-se desde o anel ambulacrário até à extremidade de cada zona ambulacrária (note-se que os equinodermes possuem cinco membros, na generalidade, sendo que cada um corresponde a uma zona ambulacrária). Aos canais radiais ligam-se os pés ambulacrários que terminam numa pequena ventosa – a ampola ambulacrária. Cada pé ambulacrário possui uma pequena ampola ambulacrária musculosa na sua extremidade. Quando esta ampola se contrai permite que a água entre no pé. Desta forma, o pé distende-se, permitindo a sua fixação ao substrato. O retorno da água para a ampola permite o movimento contrário, fazendo com que o pé se solte do substrato. O funcionamento articulado dos pés ambulacrários permite a locomoção do animal e ajuda-o a aderir a superfícies de declive acentuado e, até mesmo, a superfícies verticais. Permite-lhe também obter uma forte fixação sobre o substrato e manter-se preso às rochas mesmo quando as correntes marinhas são muito fortes.

 

Palavras chave

Equinoderme – Sistema ambulacrário – Estrela-do-mar

 

Referências bibliográficas

Brusca, Richard C.  and Brusca, Gary J. (2002). Invertebrates. Sinauer Associates, 2ª Edição.

1023 Visualizações 2 Total
1023 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter