Acanthocephala

Os Acanthocephala são parasitas obrigatórios do intestino de vertebrados, especialmente de peixes teleósteos de água doce.

Os Acanthocephala são parasitas obrigatórios do intestino de vertebrados, especialmente dos peixes teleósteos que colonizam habitats de água doce. Exibem um estágio larvar durante seu o ciclo de vida. Durante este período, os artrópodes constituem o seu organismo hospedeiro funcionando, assim, como elemento intermediário no desenvolvimento dos acantocéfalos.

A designação deste grupo deriva do facto de possuírem uma probóscide reversível composta por umas estruturas em forma de gancho, na extremidade anterior do corpo. A parte posterior do corpo forma uma estrutura cilíndrica ou espalmada, muitas vezes revestida por anéis compostos por pequenos espinhos. A maioria dos acantocéfalos mede menos de 20 cm de comprimento, porém, algumas espécies ultrapassam os 60 cm. As fêmeas são, geralmente, maiores do que os machos.

O trato digestivo destes parasitas está completamente ausente, o que constitui uma adaptação a um estilo de vida de parasita, dado que, os acantocéfalos alimentam-se directamente das fontes nutritivas do organismo hospedeiro. Há, de facto, uma redução de sistemas e de órgãos neste grupo relacionada com a adaptação a este estilo de vida, exceptuando-se apenas os órgãos reprodutores. Os órgãos que persistem neste grupo localizam-se dentro de uma cavidade aberta, o blastoceloma, parcialmente segmentado por ligamentos estruturalmente semelhantes ao mesentério.

Características gerais dos Acanthocephala

– Os Acanthocephala são animais triploblásticos, vermiformes, sem corpo segmentado e exibem um blastoceloma. A região anterior do corpo possui uma probóscide reversível;

– O tegumento e os músculos possuem um sistema de canais único, designado por sistema lacunar;

– O sistema digestivo está ausente;

– Protonefrídios ausentes, excepto em algumas espécies;

– Sistema de ligamentos único que segmenta, parcialmente, a cavidade corporal;

– Exibem um sistema hidráulico característico designado por ‘lemnisco’, e que permite a extensão da probóscide;

– São animais dióicos, ou seja, os sexos encontram-se separados em indivíduos diferentes;

– Possuem um estágio larvar ao longo do ciclo de vida, a larva acantor;

– Durante o desenvolvimento embrionário a divisão mitótica do citoplasma ocorre por clivagem em espiral.

1062 Visualizações 2 Total

References:

Weber, M., Wey-Fabrizius, A. R., Podsiadlowski, L., Witek, A., Schill, R. O., Sugár, L., … & Hankeln, T. (2013). Phylogenetic analyses of endoparasitic Acanthocephala based on mitochondrial genomes suggest secondary loss of sensory organs. Molecular phylogenetics and evolution, 66(1), 182-189.

Brusca, Richard C.  and Brusca, Gary J. (2002). Invertebrates. Sinauer Associates, 2ª Edição.

1062 Visualizações

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo