Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Vanellus vanellus (Abibe)

Apresentação do Abibe, uma ave pertencente à família Charadriidae e que é uma espécie conspícua em zonas de cultivo e pastagens.

Northern_Lapwing_new

Abibe (Fonte: Andreas Trepte, www.photo-natur.de.)

O abibe (Vanellus vanellus) é uma ave pertencente à família Charadriidae. É uma espécie conspícua em zonas de cultivo e pastagens, e é especialmente visível na Primavera. Nesta estação, o macho efectua o seu primeiro voo de exibição no território de nidificação. Esta espécie de ave nidifica na região da Eurasia e, ocasionalmente, em Portugal, onde ocorre. Inverna predominantemente na Europa. Nesta época do ano a sua distribuição pode estender-se até ao Norte de África e Noroeste da Índia.

Características gerais do abibe

O abibe pode medir entre 29 e 32 centímetros e coloniza habitats como pântanos de água doce, turfeiras, estuários e campos. Movimenta-se andando a vau, caminhando, ou efectuando pequenos voos e pousando no solo de seguida. O voo é laborioso ou directo. Pode ainda efectuar mergulhos aéreos. As populações de abibe podem ser compostas por agrupamentos até 1000 indivíduos. Alimentam-se na erva curta dando pequenas corridas e bicadas rápidas no solo. Comem pequenos animais invertebrados, como minhocas ou insectos.

Identificação da ave

O abibe exibe uma coroa preta e branca no topo da cabeça e possui uma crista delicada. A região dorsal do corpo tem um tom preto-esverdeado e o uropígio é branco. A cauda é preta e branca, curta e quadrada. As infracaudais são castanho-claras. O peito é preto e a zona abdominal é branca. A garganta é preta e branca. Possui um bico preto, fino e curto, e as patas são compridas com um tom vermelho escuro.

Dicas de observação

O abibe parece preto e branco a qualquer distância. A presença da crista é um dos seus principais elementos distintivos. Numa observação mais próxima, é possível identificar um brilho esverdeado e púrpura na parte superior do corpo. Observa-se, facilmente, a cabeça branca com um padrão de marcas pretas. A garganta de cor preta vai alargando até à barra peitoral da mesma cor. Note-se que, durante o Inverno, tanto a garganta como a região superior do peito são completamente brancas. Fora da época de reprodução, o abibe é uma ave gregária (forma agrupamentos de indivíduos).

Comportamento reprodutivo

O abibe efectua o ninho através de uma cavidade no solo. A fêmea coloca cerca de quatro ovos castanho-amarelados com manchas pretas. Estas aves efectuam uma postura por ano que ocorre entre os meses de Março e Abril. O período de incubação varia entre os 24 aos 29 dias e a incubação é exercida principalmente pelas fêmeas. As crias nascem activas e cobertas de penugem. Efectuam o primeiro voo aos 33 dias.

929 Visualizações 3 Total

References:

  • Gooders, John. (2003). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Temas e debates, 4ª Edição.
  • Bruun, Bertel. (1993). Aves de Portugal e Europa. FAPAS.
929 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter