Solidão

A solidão diz respeito à sensação de abandono e isolamento de uma pessoa que, mesmo estando fisicamente perto de alguém, se sente desacompanhada.

A solidão diz respeito à sensação de abandono e isolamento de uma pessoa que, mesmo estando fisicamente perto de alguém, se sente desacompanhada.

Segundo Moreira e Callou (2006) a solidão é entendida como um estado em que a pessoa se sente desacompanhada e solitária, provocando dor e sofrimento constantes, mesmo que a mesma esteja na presença de outra pessoa.

Muitas vezes, principalmente no caso das pessoas idosas, a solidão leva a que se sintam desamparados, excluídos da família e da sociedade, provocando-lhes sentimentos de angústia, exclusão e insatisfação (Carmona, Couto, & Scorsolini-Comin, 2014).

Este sentimento de isolamento leva a pessoa a procurar sentir-se acompanhada, ou seja, a procurar estar na presença de outrem, fazendo isso através da tentativa de construir relacionamentos interpessoais (Moreira, & Callou, 2006).

Desta forma a solidão é também definida pela capacidade ou ausência dela de estabelecer vínculos afetivos (Carmona, Couto, & Scorsolini-Comin, 2014).

Segundo os conceitos da sociologia, a solidão diz respeito ao resultado da produção social de um homem individualista, narcisista e até “egocentrado” (Moreira, & Callou, 2006).

Alguns outros autores entendem a solidão como ausência afetiva de outra pessoa com quem se tem uma relação intima, mas que, no entanto, a sensação do indivíduo solitário é de não estar acompanhado pois não existe interação nem comunicação emocional (Moreira, & Callou, 2006).

Assim, Carmona, Couto e Scorsolini-Comin (2014) dizem que se trata de um sentimento que está mais associado à interpretação que a pessoa faz da forma como estabelece os seus relacionamentos do que aos relacionamentos em si.

Conclusão

A solidão está relacionada com a forma como a pessoa se relaciona com os outros, dentro da qual, o indivíduo, mesmo estando fisicamente acompanhado, sente-se só, porque não tem qualquer tipo de comunicação ou vínculo com aqueles que estão fisicamente por perto.

Na maioria das vezes está associada a quadros depressivos e acontece, principalmente em pessoas idosas que se encontram excluídas da família.

12 Visualizações 1 Total

References:

  • Fernandes Carmona, Cecília, Dias Couto, Vilma Valéria, Scorsolini-Comin, Fabio, A EXPERIÊNCIA DE SOLIDÃO E A REDE DE APOIO SOCIAL DE IDOSAS. Psicologia em Estudo [en linea] 2014, 19 (Octubre-Diciembre) : [Fecha de consulta: 10 de junio de 2019] Disponible en:<http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=287135323011> ISSN 1413-7372
  • Moreira, Virginia, & Callou, Virginia. (2006). Fenomenologia da solidão na depressão. Mental, 4(7), 67-83. Recuperado em 10 de junho de 2019, de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-44272006000200005&lng=pt&tlng=.
12 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.