Síndrome da adolescência normal

A síndrome da adolescência normal diz respeito ao padrão de desenvolvimento comum associado a esta fase da vida do indivíduo.

san

A síndrome da adolescência normal diz respeito ao padrão de desenvolvimento comum associado a esta fase da vida do indivíduo. Associa-se a todos os fatores internos e externos que padronizam a maioria dos processos do desenvolvimento adolescente.

Aberastury e Knobel (1970) foram alguns dos autores que mais se focaram em compreender do que se trata a adolescência normal, definindo-a como “a etapa da vida durante a qual o indivíduo busca estabelecer a sua identidade adulta apoiando-se nas primeiras relações objeto-parentais internalizadas e verificando a realidade que o meio social lhe oferece, mediante o uso de elementos biofísicos disponíveis para o seu desenvolvimento de acordo com a sua disposição e que, a seu tempo, tendem a estabilizar a personalidade … ”

Mais tarde, em 1981, de acordo com fontes de vários estudos como os destes mesmos autores, definiu-sa síndrome da adolescência normal que diz respeito ao desenvolvimento normal pelo qual passam os adolescentes dentro de uma evolução correspondente aos padrões comuns. Algumas das fases pelas quais os adolescentes passam, podem mesmo ser antagónicas, como por exemplo, o mesmo adolescente pode ter uma fase mais tímida para passar para outra fase mais extrovertida (Aberastury, & Knobel, 1981). É ainda uma fase de muitas dúvidas e incertezas acerca das opções de vida, tais como a religião, pelo que é comum que haja tendências para o ateísmo profundo ou, pelo contrário, um envolvimento num misticismo muito rigoroso (Aberastury, & Knobel, 1981). Quando falamos deste tipo de fases diferentes e até, por vezes, antagónicas, as mesmas estendem-se a todas as áreas da vida do indivíduo, o que significa que se podem estender até mesmo à orientação sexual.

O processo da adolescência normal visa, portanto, a procura, por parte do indivíduo, de procurar-se a si mesmo para que se possa afirmar enquanto futuro adulto, de forma desprendida, sem depender dos pais ou amigos, indo ao encontro dos seus interesses (Aberastury, & Knobel, 1970).

Para Aberastury e Knobel, (1981) por vezes, não é pouco comum que hajam incertezas em relação a esta, e em alguns casos, a descoberta do erotismo passa por uma homossexualidade que pode, ou não, ser ocasional.

Apesar de todas estas características e diferenças de desenvolvimento entre as várias fases, é importante compreendermos que nem tudo é linear, ou seja, as fases de desenvolvimento que caracterizam a síndrome da adolescência normal, são influenciadas também pelo meio ambiente em que o indivíduo se insere (Aberastury, & Knobel, 1981). Assim, significa que existe muito peso da cultura e do meio sócio-económico no que concerne à forma como esta fase vai ser vivida pelo mesmo, de acordo com os estudos feitos pela Associação Norte-Americana de Psiquiatria (Aberastury, & Knobel, 1981).

Tendo em conta a influência de fatores externos e a fase de desenvolvimento em questão, podemos predizer em que medida se deve considerar que o indivíduo se encontra num quadro correspondente à síndrome de adolescência normal, ou não, de acordo com o resultado destas vivências, ou seja, com a forma como o mesmo vive todo este processo.

Conclusão

De acordo com os diferentes estudos levados a cabo por Aberastury e Knobel em diferentes épocas, podemos entender a síndrome da adolescência normal como uma fase da vida e do desenvolvimento humano que acarreta diferentes características e situações. Devido a ser uma altura em que o indivíduo se encontra em fase de construção da sua personalidade, é normal acontecerem processos antagónicos no que diz respeito às suas opções, comportamentos, formas de pensar e de agir. Verifica-se ainda que a síndrome da adolescência normal é influenciada por fatores internos, associados às características verificadas acima, e por fatores externos, associados ao meio e ao contexto. Ou seja, a cultura, o nível sócio-económico (NSE), o ambiente familiar e social, entre outros, são algumas das influências que contribuem para o desenrolar desta fase e que, junto com os fatores internos, vão culminar no que mais tarde se irá definir como o adulto de amanhã.

Entendemos então que a síndrome da adolescência normal não é mais do que o padrão comum de desenvolvimento associado a este estágio da vida do indivíduo.

121 Visualizações 2 Total

References:

  • Aberastury, A, & Knobel, M. (1970). La adolescência normal. Un efoque psicoanalítico.
  • Aberastury, A, & Knobel, M. (1981). ADOLESCÊNCIA NORMAL. Um enfoque psicanalítico. PORTO ALEGRE: ARTMED EDITORA.
121 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo