Planeamento Familiar

O planeamento familiar pretende assegurar que as pessoas têm acesso à informação e a métodos de contracepção eficazes e seguros

pf

Planeamento Familiar

O planeamento familiar pretende assegurar que as pessoas têm acesso à informação e a métodos de contracepção eficazes e seguros. Este recurso nos serviços de saúde pretende contribuir para a vivência da sexualidade de forma segura e saudável em que a prática das relações afetivas e sexuais permita que homens e mulheres decidam se e quando querem ter filhos, assim como programarem a gravidez e o parto nas condições mais adequadas.

O planeamento familiar engloba todas as pessoas em idade fértil, que se deslocam aos serviços de saúde e onde se pode encontrar desde raparigas adolescentes ou ainda em idade púbere, até mesmo mulheres mais maduras, já na menopausa, e habitualmente, estes serviços são caracteristicamente utilizados quase exclusivamente por mulheres (Moreira, & Araújo, 2004). O que podemos observar nas unidades que prestam cuidados ao nível do planeamento familiar, são mulheres em fase de amamentação do filho, ainda no colo, enquanto ouvem as explicações dos enfermeiros e onde as adolescentes aproveitam para formular perguntas que demonstram a sua entrada na vida sexual ativa (Moreira, & Araújo, 2004). Por vezes, estas questões são respondidas pelas mais experientes, com ensinamentos provenientes da vivência pessoal (Moreira, & Araújo, 2004). É possível observar a sensibilidade entre estas mulheres através de temas até então silenciados, com demonstrações explícitas ou mesmo mais reservadas de solidariedade em torno de dificuldades expressas por aquelas que ousam revelar angústias íntimas (Moreira, & Araújo, 2004).

A procura de informação relativa à intenção de engravidar tem sido usada essencialmente para prevenir gravidez não planeada, com o objetivo de implementar medidas de planeamento familiar (Pereira, & Canavarro, 2012).

No que concerne a este assunto, as maiores dificuldades demonstraram estar associadas a custos individuais e sociais, assim como a efeitos no comportamento da mãe durante a gravidez, no resultado da gravidez e no desenvolvimento do bebé (Pereira, & Canavarro, 2012).  Assumindo que a perceção que uma mulher tem da sua gravidez é um dos mais importantes fatores com implicações na sua saúde e bem-estar, alguns autores têm associado o planeamento à adaptação materna à gravidez e ao puerpério (Pereira, & Canavarro, 2012). Este cuidado acontece devido à evidência de que as mulheres que não planearam a gravidez têm taxas mais elevadas de depressão, ansiedade e outros quadros psicopatológicos, embora os estudos não encontrarem qualquer associação ou não apresentaram resultados conclusivos (Pereira, & Canavarro, 2012)

De acordo com Marcolino (2004) os cuidados de saúde prestados pelos profissionais envolvidos nas equipas de planeamento familiar passam por:

  • Reuniões semanais para discutir, avaliar e tomar decisões sobre pedidos de provenientes do serviço psicossocial, relacionadas com laqueações de trompas;
  • Atenção à qualidade dos cuidados quando se trata deste tipo de procedimento cirúrgico e de vasectomias, tendo em conta variáveis como a idade e o número de filhos;
  • Debates em equipa sobre o papel da mulher na sociedade, em particular a dependência financeira do homem e a maturidade.

(Marcolino, 2004, p.3).

A comunicação e o diálogo são fundamentais para a integração de atividades porque os profissionais devem contemplar a dimensão técnica, relacionada com as atividades, os procedimentos e todos os instrumentos necessários para atingir a finalidade da prestação de cuidados de saúde (Marcolino, 2004).

Segundo o mesmo autor, a dimensão ética, é outro ponto importante que não se reduz ao relacionamento interpessoal, mas que se preocupa em conhecer, reconhecer e considerar o trabalho de todos, seja da mesma área de atuação, seja de outras (Marcolino, 2004).

No que diz respeito a questões de bioética verificamos, por exemplo, no caso de um pedido de laqueação de trompas, as equipas devem ter o cuidado de realizar o procedimento em conjunto, com espírito de entreajuda e procurando trocar ideias entre si (Marcolino, 2004).

A demonstração de interesse e de envolvimento em cada caso, permite às equipas dos serviços de saúde discutir e avaliar as solicitações feitas pelos utentes e melhorar os métodos de intervenção de forma multidimensional, o que lhes possibilita articular diferentes especialidades (Marcolino, 2004).

Conclusão

As unidades de planeamento familiar nos vários serviços de saúde pretendem prevenir situações como gravidezes indesejadas, e mostrar sensibilidade no esclarecimento de dúvidas colocadas por utentes. Embora estes serviços estejam disponíveis para toda a população, é comum observar quase exclusivamente mulheres a dirigirem-se aos mesmos. A par destas ofertas de serviço, uma das maiores preocupações das equipas de saúde responsáveis pelo planeamento familiar, é a tomada de decisões sobre procedimentos cirúrgicos que irão alterar toda a vida dos utentes que as solicitam.

819 Visualizações 1 Total

References:

  • Marcolino, C. (2004). Planejamento familiar e laqueadura tubária: análise do trabalho de uma equipe de saúde. Family planning and female sterilization: analysis of work by a team of health providers. [em linha] SCIELO, scielo.br. Cad. Saúde Pública, 20(3): 771-779. Acedido a 28 de maio de 2016 em www.scielo.br/pdf/csp/v20n3/14.pdf;
  • Moreira, M.H.C., & Araújo, J.N.G. (2004). Planejamento familiar: autonomia ou encargo feminino? Family planning: female autonomy or burden. [em linha] SCIELO, scielo.br. Psicologia em Estudo v.9. n.3. p. 389-398. Acedido a 28 de maio de 2016 em www.scielo.br/pdf/pe/v9n3/v9n3a06;
  • Pereira, M., & Canavarro, M.C. (2012). Planeamento da gravidez na adaptação à transição para a maternidade de gravidas infectadas pelo VIH. [em linha] SCIELO, scielo.mec.pt/scielo, Rev Port Med Geral Fam, 28: 106-14. Acedido a 28 de maio de 2016 em http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2182-51732012000200006.

819 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo