Cognitivismo

Conceito de Cognitivismo

A abordagem cognitiva surge, nos anos 60, num evidente corte epistemológico com a abordagem comportamental, então vigente. A revolução cognitiva coloca uma elevada ênfase nos processos internos ou mediacionais, destacando a importância dos processos internos na determinação do comportamento, no que se refere à prática e investigação psicológica.

Os processos cognitivos envolvem a atenção, perceção, pensamento, abstração, resolução de problemas, aprendizagem, memória, linguagem e outros aspetos do conhecimento tipicamente associados à atividade mental. Um dos pontos basilares das teorias cognitivas é a conceção de que os processos cognitivos medeiam a relação entre o estímulo e a resposta. Os indivíduos são considerados processadores ativos: selecionam, elaboram e armazenam informações sobre o meio em que estão inseridos. Outra asserção fundamental é que o organismo humano responde primeiramente às representações cognitivas sobre o seu meio e não diretamente ao meio, e que as representações cognitivas estão funcionalmente relacionadas com os processos e parâmetros da aprendizagem.

802 Visualizações 3 Total
802 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo