Aaron Beck

Aaron Beck, médico psiquiatra, nasceu em Providence, Estados-Unidos. Filho de emigrantes russos judeus, Aaron Beck é descrito em pequeno como forte e extrovertido. Sofreu uma doença grave aos 8 anos e depois dessa altura, tornou-se mais estudioso.

Estudou na Universidade de Brown e depois na Escola de medicina de Yale, graduando-se em1946. Começou a trabalhar no Hospital de Rhode Island mesmo antes de obter o diploma de psiquiatra, em 1953.

Por não sentir satisfeito com as respostas ao nível da psicologia clínica e da psicanalise, e a viver a revolução cognitiva, quando a psicologia experimental se centrava nos estudos dos processos mentais, Aaron Beck questionava a abordagem cognitiva, como melhor resposta terapêutica aos pacientes.

A terapia cognitiva centra-se no estudo da perceção da experiência pessoal. A eficácia do tratamento não está no inconsciente como na psicanalise mas no estudo de como se manifesta o transtorno nas perceções do paciente.

Aaron Beck defendia que os pacientes depressivos, em especial, faziam distorções da realidade através da sua apreensão sobre si mesmos e sobre a realidade – pensamentos automáticos – e essas distorções – cognições- não eram um sintoma de depressão mas a chave para a tratar. Aaron Beck começou a aplicar um modelo cognitivo aos seus pacientes, ao mesmo tempo que a psicologia experimental confirmava o predomínio da psicologia cognitiva. Assim, segundo Beck, a terapia cognitiva poderia ajudar os pacientes desmistificarem os pensamentos erróneos e crenças que os levaram à perturbação, ao sofrimento. O modelo cognitivo inventado por si poderia levar o paciente a entender a perceção parcial que estava na base do seu sofrimento bem como a encontrar uma forma mais ampla e mais real de pensar a mesma situação.

Aaron Beck é conhecido como o pai da Psicoterapia Cognitiva e inventor das escalas mundialmente conhecidas tais como a BDI – Escala de Depressão de Beck – e a BAI – Escala de Ansiedade de Beck. Aaron Beck criou o Instituto Beck em Filadélfia, para tratar pessoas a partir dos seus princípios para a terapia cognitiva.

Obras que mais de destacam:

  • Depression: Causes and Treatment, 1972
  • Cognitive Therapy and the Emotional Disorders, 1975
  • Depression: Clinical, Experimental and Theorical, 1980
  • Prisoners of Hate: The Cognitive Basis of Anger Hostility and Violence, 1999

Site de Aaron Beck : http://www.beckinstitute.org

Palavras-Chave: Aaron Beck, Terapia Cognitiva, BDI – Escala de Depressão de Beck –, BAI – Escala de Ansiedade de Beck. Percepção,

821 Visualizações 1 Total

References:

  • Collin, C. et al (2014). O livro da Psicologia (rev.trad.Sousa,S.). Barcarena: Marcador Editora
  • Larousse-Bordas (2007). Dicionário Temático Larousse – Psicanalise ( Dir. Pajouès, J.). Porto Alto: Temas e Debates
  • Laplanche, J. & Pontalis, J.-B. (1990) Vocabulário de Psicanalise. Lisboa: Editorial Presença (obra original publicada em 1967)
  • Roudinesco, E. & Plon, M. (2000). Dicionário de Psicanalise. Lisboa: Editorial Inquérito. (obra original publicada em 1997)
821 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo