Associação de Imprensa Estrangeira em Portugal

Apresentação da AIEP – Associação de Imprensa Estrangeira em Portugal, fundada por um grupo de jornalistas em 1978

download

A Associação de Imprensa Estrangeira em Portugal (AIEP) é uma associação de jornalistas de meios de comunicação estrangeiros que estejam a trabalhar em Portugal. Foi criada em 1975 pela necessidade sentida pelos jornalistas estrangeiros a exercer a sua profissão em Portugal se sentirem protegidos, ouvidos e respeitados sem discriminação. A primeira reunião aconteceu ainda em 1975 no escritório da IPS – InterPress Service na Praça da Alegria e em Janeiro Michel Trichet, da Agence France Press, juntou-se ao projeto para assumir o cargo de presidente. Legalmente a AIEP só nasceu em 1978 devido a questões burocráticas. Atualmente a Associação de Imprensa Estrangeira em Portugal (AIEP) tem sede na Sala de Imprensa, Palácio da Foz, na Praça dos Restauradores em Lisboa.

Os fins e objetivos principais da associação são defender a independência, os interesses e os direitos de todos os profissionais que sejam membros da associação sem que haja discriminação política, religiosa ou racial; Defender a igualdade entre os jornalistas no acesso às fontes de informação para todos os membros, sem qualquer tipo de discriminação; Representar os seus associados e membros junto das entidades oficiais e promover atividades e eventos de interesse dos seus associados e membros, no âmbito do exercício das suas funções como profissionais do Jornalismo.

A Associação de Imprensa Estrangeira em Portugal (AIEP) subdivide os seus membros em quatro categorias: efectivos, associados, honorários e subscritores. São considerados membros efectivos todos os jornalistas que possam apresentar e justificar a sua residência em Portugal, que possam justificar a sua acreditação profissional como jornalistas e a documentação periódica da atividade principal para um órgão de comunicação com sede no estrangeiro seja ele diário, revistas, canais de televisão, estações de rádio, agências de notícias, fotográficas ou online; São considerados membros associados todos os jornalistas de imprensa estrangeira que tenham deixado (permanentemente ou provisoriamente) de trabalhar como correspondentes ou os que cujos rendimentos como jornalista ativo ou como titular de uma reforma jornalística constituam uma parte mínima dos seus ingressos. Estes membros podem votar para os cargos diretivos da associação; Já os membros honorários são as pessoas admitidas como tal por voto na Assembleia que tenham sido propostas pelo conselho diretivo da mesma. Por fim os membros subscritores são as pessoas coletivas ou individuais que colaborem na dinamização e dignificação das atividades e eventos da Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal (AIEP). Os valores da joia e da quota anual dos membros subscritores são fixados pelo conselho da direção.

Presidentes da AEIP

1978 (fundação) a 1990

1978 – Michel Trichet (França – Agence France Press)
1979 – Mario Dujisin (Chile – IPS)
1980 – Diego Carcedo (Espanha – TVE)
1981 – Diego Carcedo (Espanha – TVE)
1982 – Diego Carcedo (Espanha – TVE)
1983 – Diego Carcedo (Espanha – TVE)
1984 – Ramon Font (Espanha – RNE-TVE)
1985 – Ramon Font (Espanha – RNE-TVE)
1986 – Ramon Font (Espanha – RNE-TVE)
1986 – Marta de la Cal, em funções (EUA – Time)
1987 – José Alberto Braga (Brasil – Jornal do Commércio)
1988 – José Alberto Braga (Brasil – Jornal do Commércio)
1989 – Carlo Giacobbe (Itália – ANSA)

1990 a 1999

1990 – Jill Jolliffe (Austrália – The Guardian)
1991 – Jill Jolliffe (Austrália – The Guardian)
1992 – Eva Henningsen (Dinamarca – Politiken)
1993 – Eva Henningsen (Dinamarca – Politiken)
1994 – Mario Dujisin (Chile – IPS)
1995 – Mario Dujisin (Chile – IPS)
1996 – Jill Jolliffe (Australia – The Observer)
1997 – Jair Rattner (Brasil – BBC Brasil e Deutsche Welle)
1998 – Erik T. Burns (EUA – AP-Dow Jones)
1999 – Eva Henningsen (Dinamarca – Radio Dinamarca)

2000 – Atualmente (2017)

2000 – Eva Henningsen (Dinamarca – Radio Dinamarca)
2001 – Eva Henningsen (Dinamarca – Radio Dinamarca)
2002 – Corneliu Popa (Roménia – BBC Serviço Romeno)
2003 – Corneliu Popa (Roménia – BBC Serviço Romeno)
2004 – Ramon Font (Espanha – TVE e ACN)
2005 – Ramon Font (Espanha – TVE e ACN)
2006 – Ramon Font (Espanha – TVE e ACN)
2006 – Barry Hatton, em funções (EUA – Associated Press)
2006 – Belén Rodrigo (Espanha – Onda Cero e ABC)
2007 – Belén Rodrigo (Espanha – Onda Cero e ABC)
2008 – Belén Rodrigo (Espanha – Onda Cero e ABC)
2009 – Adriana Niemeyer (Brasil – Globo News)
2010 – Adriana Niemeyer (Brasil – Globo News)
2011 – Marie-line Darcy (França – Radio France Internationale)
2012 – Marie-line Darcy (França – Radio France Internationale)
2013 – Belén Rodrigo (Espanha – Onda Cero e ABC)
2014 – Alison Roberts (Reino Unido – BBC News)
2016 – atualmente – Begoña Iñiguez (Espanha- Cadena Cope; voz da Galici)

179 Visualizações 1 Total
179 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo