Anarquismo

Conceito de Anarquismo

O termo anarquismo designa uma doutrina ou ideologia política nascida no séc. XIX que, ao contrário das restantes ideologias políticas que procuram encontrar resposta para a questão “qual o modelo ideal de Estado?”, coloca em causa a própria existência do Estado. A própria palavra anarquismo, foi criada a partir do adjectivo anarquia, palavra formada a partir da palavra grega  Anarkhia, de a(n) = ‘sem’ ou ‘privado de’ + arkhé = ‘comando’, ‘poder’, ‘autoridade’ e que, portanto, significa “ausência de poder”.

Esta corrente de pensamento nega a necessidade do Estado como entidade de organização central e coerciva da sociedade, acreditando nos benefícios da sua substituição por uma organização social livre e espontânea. Segundo os anarquistas, a ordem social deve proceder do livre consentimento dos indivíduos, considerados entidades autónomas, opondo-se de forma radical a todo o tipo de submissão do indivíduo a uma ordem socio-económica, política ou ideológica imposta de forma autoritária. Assim, segundo esta corrente de pensamento, o fim do Estado e de outras autoridades políticas ou religiosas, seria o único caminho para solucionar os problemas políticos que assolam a humanidade e para construir uma sociedade justa de homens livres. Nesse sentido, o anarquismo defende um ideal de organização da sociedade por ela própria, ou seja, sem organismos estatais, assente em associações de produtores e na ausência de propriedade privada.

54 Visualizações 3 Total
54 Visualizações