Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Ação Humana

O ser humano ao estabelecer interações com o meio, através de um processo de liberdade, deliberação, decisão, intenção cujo objetivo é atingir a ação humana.

A ação é um processo que ocorre exclusivamente por iniciativa de um agente e caracteriza-se por ser consciente, voluntária, livre, racional, intencional e responsável. É consciente e voluntária na medida em que a ação é realizada com conhecimento de causa. É livre porque o sujeito escolhe realizar a ação de uma determinada forma. É um processo racional pois passa pela capacidade que o agente tem em ponderar e avaliar as várias opções antes de as escolher. A ação humana também é considerada intencional pois apresenta um propósito ou finalidade, orientando-se para um determinado fim. É responsável porque o sujeito/agente  é o seu autor. Desta forma o agente tem um papel fundamental no processo da ação humana pois é ele que concretiza e põem em prática a ação.

Importa clarificar um outro conceito importante: o de acontecimento. O acontecimento é algo que sucede sem qualquer intervenção de um agente. Como exemplos de acontecimentos temos: chover, estar sol, escorreguei e caí, saiu-me o euro-milhões. Já na ação humana implica a presença do agente. Exemplos: ir à aula de Filosofia, estudar para o teste.

Para que todo este processo seja levado a cabo é essencial saber o que nos propomos a fazer e o objetivo a atingir, ou seja, a intenção. Após a intenção é importante refletir acerca dos prós e contras dessa ação. Implica pensas nas hipóteses e consequências perante isso e cabe decidir, ou seja, optar e escolher uma opção. Nem sempre a deliberação ocorre antes da tomada de decisão. Por vezes, surge após como forma de justificar o porquê de não ser uma escolha antecipada.

O agente, enquanto sujeito da ação, procura um motivo ( o que o leva a agira perante uma ação futura), propõem uma intenção e finalidade. Por exemplo, sempre sonhei ser médica, a intenção é tirar boas notas e a finalidade é entrar na universidade e ter uma carreira de sucesso no estrangeiro.

A ação humana é influenciada por condicionantes de vários níveis: factores biológicos, históricos e culturais. Os factores biológicos correspondem  às necessidades do nosso corpo e á existência biológico, como por exemplo comer, beber, dormir. Os factores históricos e culturais dizem respeito á época histórica e á sociedade na qual estamos inseridos. Assim que nascemos, somos inseridos numa sociedade, que de forma consciente ou inconscientemente vai condicionar as nessas ações durante todo o nosso percurso de vida. Como exemplos destes factores: relativismos cultural e os valores universais.

534 Visualizações 8 Total
534 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo