Endometriose

Apresentação do conceito de Endometriose: Seu nome deriva da palavra endométrio que é o tecido que reveste o interior do útero e que (…)

Conceito de Endometriose

Seu nome deriva da palavra endométrio que é o tecido que reveste o interior do útero e que descama a cada menstruação. É uma doença do trato reprodutivo que consiste na presença de endométrio fora da cavidade uterina. Tem entre 10 a 15% de incidência na população geral e entre 25 a 40% da população infértil. Ao contrário de outras doenças do foro reprodutivo afeta desde jovens adolescentes a mulheres na fase dos 30 anos, portanto em mulheres na fase reprodutiva.

Durante o período menstrual pequenos pedaços do endométrio podem mover-se de forma retrógrada para os ovidutos e cavidade peritoneal ao invés do movimento normal na direção da vagina. A localização mais frequente do tecido é, então, nos ovários, ovidutos, ligamentos uterinos, trato urinário, uretra, intestinos e revestimento da cavidade pélvica e abdominal. É uma doença muito dolorosa, principalmente durante o período menstrual pois o tecido alojado fora do útero responde às variações hormonais e expande a cada ciclo menstrual, isto leva a fortes dores durante o período menstrual, dismenorreia, o sintoma mais importante desta doença. Outros sintomas incluem dor pélvica não menstrual, dores nas costas, durante relações sexuais ou aquando da ovulação e sintomas gastrointestinais e urinários. Estas dores têm impacto na qualidade de vida sexual e com limitações físicas, laborais e recreativas, no entanto existem mulheres nas quais a doença é assintomática.

A endometriose pode causar infertilidade, uma vez que o tecido endometrial fora da cavidade uterina pode inflamar e criar tecido cicatrizante que causa infertilidade, podendo cobrir o ovário impedindo a ovulação, distorcer ou bloquear os ovidutos impedindo a normal passagem de óvulos e esperma, ou a formação de quistos ováricos.

O diagnóstico é difícil de fazer, pode ser feito através de laparoscopia que é um procedimento cirúrgico que pode inclusive remover o tecido endometrial fora de sítio e o tecido cicatrizante. Existem tratamentos químicos e cirúrgicos e ele passa principalmente pela melhoria dos sintomas e evitar o aumento e progressão. A toma de pílulas combinadas ao parar os ciclos alivia as dores, não revertendo, no entanto, os danos já provocados no trato reprodutivo, a gravidez também pode causar remissão da doença ou até melhorar. A endometriose pode cessar espontaneamente especialmente depois da menopausa, devido ao fim dos ciclos menstruais, mas não existe uma cura certa encontrada.

493 Visualizações 1 Total
493 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo